VIDA DE MENINA

VIDA DE MENINA

(Vida de Menina)

2004 , 101 MIN.

anos

Gênero: Drama

Estréia:

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Helena Solberg

    Equipe técnica

    Roteiro: Elena Soárez, Helena Solberg

    Produção: David Meyer

    Fotografia: Pedro Farkas

    Trilha Sonora: Wagner Tiso

    Estúdio: Radiante Filmes

    Elenco

    Benjamim Abras, Camilo Bevilacqua, Dalton Vigh, Daniela Escobar, Lígia Cortez, Lolô Souza Pinto, Ludmila Dayer, Maria de Sá

  • Crítica

    22/05/2009 11h03

    Depois de ganhar seis Kikitos no Festival de Gramado de 2004, chega somente agora aos cinemas Vida de Menina, longa-metragem que marca a estréia da documentarista Elena Soldberg na direção de um roteiro de ficção. Baseado em livro homônimo - diário de adolescência da autora, Helena Morley -, o filme mostra dois anos decisivos na vida de Helena Morley (Ludmila Dayer).

    A narrativa começa logo após a proclamação da República brasileira. Os negros ainda são os empregados, mas a escravidão já foi abolida. Helena vive com sua mãe (Daniela Escobar) e dois em Diamantina, interior de Minas Gerais. Pobres, vivem pedindo dinheiro emprestado à avó, Dona Teodora (Maria de Sá), por que o pai (Dalton Vigh) é o único que ainda acredita existir diamantes na cidade. Dessa forma, passa seus dias nas lavras à procura de pedras enquanto sua família torna-se cada vez mais endividada. Em uma época quando a aparência conta muito mais, Helena sofre. Além de estar na adolescência, fase difícil na vida de qualquer garota, a protagonista ainda tem de agüentar o fato de não ser socialmente bem-aceita por conta das condições de sua família. A mãe é mal-falada pela cidade toda, assim como a própria Helena. Impetuosa, não pensa duas vezes antes de falar ou fazer o que pensa. Sem muitos escrúpulos, são poucos que aceitam sua atitude mal-criada.

    De forma sensível, Vida de Menina mostra o desenvolvimento dessa jovem - brilhantemente interpretada por Ludmila Dayer - ao longo dos dois anos em que seu diário é escrito. Paralelamente, a diretora mostra como a sociedade brasileira caminha em relação a tantas mudanças que acontecem nesse período.

    Vida de Menina é um filme leve e tem um ótimo ritmo, o que pode atrair também os jovens aos cinemas - que, não bastando fugir de filmes brasileiros, não são chegados a uma produção de época. Apesar de ser datado, Vida de Menina é sobre conflitos que acontecem com qualquer um, a qualquer idade.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus