VINGANÇA

VINGANÇA

(Vingança)

2008 , 116 MIN.

16 anos

Gênero: Drama

Estréia: 20/11/2008

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Paulo Pons

    Equipe técnica

    Roteiro: Paulo Pons

    Produção: Alceu Passos, Paulo Pons

    Fotografia: Thiago Lima Silva

    Trilha Sonora: Dado Villa-Lobos

    Estúdio: Pax Filmes

    Elenco

    Bárbara Borges, Branca Messina, Emiliano Ruschel, Erom Cordeiro, Guta Stresser, José de Abreu, Márcio Kieling, Miguel Nader

  • Crítica

    20/11/2008 00h00

    O suspense Vingança, é a estréia na direção de Paulo Pons. O roteiro, também de Pons, envolve um mistério que começa numa pequena cidade do interior do Rio Grande do Sul, onde uma jovem é violentada. Num segundo momento da trama, Miguel (Erom Cordeiro) chega ao Rio de Janeiro e, de uma forma bastante misteriosa, envolve-se com Carol (Branca Messina). É nesse cenário que a trama se desenvolve e a verdade se descortina aos olhos do espectador.

    Vingança é um longa de baixo orçamento, que soma singelos R$ 80 mil. Com tanto pouco dinheiro, é realmente louvável o que Paulo Pons fez, utilizando de soluções cinematográficas para obter os resultados que esperava. Destaca-se a atuação de Erom Cordeiro como o protagonista e condutor desta trama. Sua atuação gelada, muitas vezes sem expressões, traduz de uma forma honesta os meandros de sua personalidade.

    O roteiro também consegue ser envolvente na maior parte do tempo, mas há dois pecados em Vingança que comprometem seu resultado: a insegurança como o roteiro é concluído e desenvolvido na medida em que chega ao seu final e a trilha sonora. O longa parece não encontrar seu final, sendo que os últimos minutos chegam a ser torturantes de tão arrastados. A trilha, composta por Dado Villa-Lobos - ex-guitarrista da idolatrada banda Legião Urbana - é insistente demais. Quero dizer, talvez o diretor tenha ficado honrado e empolgado demais em ter o músico trabalhando em composições originais para seu filme, mas tudo tem um limite, principalmente quando se trata do uso da trilha sonora.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus