Muppets 2: Procurados e Amados: Entrevistamos Kermit, o Sapo

Líder dos Muppets conversa sobre o novo filme com o Cineclick

26/06/2014 13h03

Por Daniel Reininger

Muppets 2: Procurados e Amados finalmente chega ao Brasil e nada melhor do o próprio Kermit, conhecido também como Caco, o Sapo por aqui, para falar um pouco sobre a nova aventura. Pois é, não é todo dia que o Cineclick entrevista um sapo talentoso assim e aproveitamos para saber como os Muppets encaram os mais de 50 anos de carreira e também para conhecer mais do novo filme.

+ Leia a crítica de Muppets 2: Procurados e Amados

Confira:

Kermit, em Muppets 2: Procurados e Amados, você acaba implicado em um roubo. Como isso aconteceu?

Estava eu lá verde e feliz saltitando pela cidade durante a Turnê Mundial dos Muppets, quando, de repente, me vejo em um gulag siberiano cinzento e frio. Não sei bem o que aconteceu, pórem conheço o responsável, Constantine, o criminoso mais perigoso do mundo, que, por coincidência, é um sapo quase idêntico a mim. Entrei numa fria.


Foi um choque para toda a internet o filme não ter sido indicado aos mais de247 prêmios possíveis. Foi difícil para a equipe? Todos ficaram tão bravos quanto os fãs?

Pois é, mas não fazemos filmes para ganhar prêmios, por mais merecidos que sejam. Fazemos para alegrar as pessoas, para que riam e se sintam felizes. Vencer premiações é legal, entretanto, isso não importa muito para o elenco e a equipe, exceto claro para a Miss Piggy. Se ela não ganhar um Oscar, vocês vão ver o que é alguém realmente bravo.

Relembre o engraçado clipe divulgado na época do Oscar:

Após mais de 50 anos, você está satisfeito com a sua carreira?

Estou feliz demais. Poucos sapos fazem filmes, gravam álbuns, aparecem em programas de TV ou fazem entrevistas como esta. Tenho sorte e sei muito bem disso. Não poderia estar mais satisfeito.


Como é voltar ao cinema ao lado da turma toda e, especialmente, Miss Piggy?

Adoro trabalhar com meus amigos. Sabemos que somos sortudos por cantar, dançar e fazer as pessoas felizes. É uma forma maravilhosa de viver. E fazer tudo isso novamente na telona... é ainda melhor! Além disso, quando estamos filmando, o estúdio que paga os custos com as roupas da Miss Piggy. E isso nos proporciona uma baita economia!


Qual é a diferença entre este filme dos Muppets e os anteriores?

Ele tem mais de tudo. Temos mais convidados especiais do que nunca. Visitamos mais lugares pelo mundo. Temos ainda mais músicas de Bret McKenzie, que venceu o Oscar de melhor canção com nosso último filme. E, é claro, este será o filme que finalmente irá dar à Miss Piggy um Prêmio da Academia (espero).


Além da grandiosa atuação de Miss Piggy, do que você mais gosta nesta sequência?

É uma algazarra internacional com muitas risadas e surpresas, além de toda aquela loucura, bumerangues de peixe, canhões explosivos, flamingos que cantam e outras maluquices que você espera de um filme dos Muppets. Acho que é o melhor de todos os nosso longas!

Muppets


Dessa vez, os Muppets visitam a Europa. Como foi essa experiência? E quando virão ao Brasil?

Incrível! Já sabia que éramos famosos na Europa, mas é ótimo andar pelas ruas de Madrid, Dublin ou Londres e pedirem seu autógrafo. (Tudo bem que algumas pessoas pensavam que eu era o Yoda, mas eu não liguei). Amamos viajar e visitar fãs pelo mundo. Sei que Miss Piggy adoraria passar um tempo no Brasil. Ela quer muito ir para o Carnaval! Então se prepare Rio! Pode haver uma porquinha em seu futuro.


Ricky Gervais, Ty Burrell e Christoph Waltz participam do filme. Como foi trabalhar com eles?

Eles são ótimos. O Ricky é tão hilário longe das câmeras como em cena. Apesar de ser um cara super bacana na vida real, ele interpreta um vilão bem engraçado (chamado Dominic Badguy) no filme. Amamos Ty de Modern Family, por isso ficamos animados por ele estar em Muppets 2: Procurados e Amados. Posso dizer que ele é o agente da Interpol mais engraçado de todos os tempos. E Christoph é excelente. Estávamos tentando descobrir o que fazer com um cara chamado Waltz (que também é a palavra em inglês para a dança valsa) em nosso filme, então fizemos com que ele... bem, vocês verão.


E a Tina Fey? Parece que ela gostou mesmo de você.

A Tina e eu atuamos juntos bastante no filme. Ela interpreta Nadya, a guarda da prisão, que se apaixona por um de seus prisioneiros – eu. Era só um papel, mas a Miss Piggy não gostou de ver a Tina gamada em mim. A Piggy e a Tina tiveram uma conversa e agora são melhores amigas, desde que a Tina não tente me lamber ou me prender na parede novamente...É uma longa história, assista ao filme e vocês vão entender.


Após tantos anos trabalhando com as mesmas pessoas, como fazem para manter essa conexão entre todos vocês?

Os Muppets são como uma família. Todos somos bastante diferentes, pórem temos mesmo objetivo, que é seguir nossos sonhos e fazer as pessoas felizes. Como disse no primeiro filme dos Muppets, esse é o tipo de sonho que melhora conforme o número de pessoas com quem você o compartilha. E é isso que nos mantém unidos. Famílias podem brigar e gritar, mas continuam juntas.

Assista ao trailer do filme: