A volta de Chucky vai assombrar seu final de semana

Brinquedo Assassino ganha nova versão após 31 anos

22/08/2019 12h06

Por Diego Canha

Remakes sempre causam um certo receio naqueles mais céticos em relação à qualidade de uma refilmagem. E quando a ideia vem direcionada para uma franquia que é um ícone da cultura pop mundial, a coisa fica ainda mais complicada. Nesta quinta-feira chega aos cinemas Brinquedo Assassino, remake do longa de 1988 que se tornou um clássico do chamado "terror adolescente". Ao contrário do que se pensava, o filme se distancia do original, mas não é de uma forma positiva.

+ Veja nossa crítica completa
+ Chucky e outros filmes inspirados por fatos assustadores
+ Enquete: Qual boneco de Brinquedo Assassino te apavora mais?

Com poucas estreias, chegam também aos cinemas Brinquedos Mágicos e Socorro! Virei Uma Garota.

Outros títulos que estão em destaque nos cinemas brasileiros:

Era Uma Vez Em... Hollywood: Apesar de manter seu estilo de direção, repleto de humor negro, momentos de violência explosiva e ótima trilha sonora, o filme mostra um lado mais sentimental de Quentin Tarantino. Esse é um de seus trabalhos mais fracos, com um estilo muito mais próximo de Woody Allen do que próprio, mas ainda assim vale o ingresso, especialmente para quem é fascinado pelo passado do cinema.

+ Crítica completa
+ As trilhas sonoras de Quentin Tarantino

Velozes E Furiosos: Hobbs E Shaw: Já nasce como um clássico do Cinema Brucutu, apenas aceitem! Acompanhar os feitos dessa dupla em uma tela gigante é algo que você não pode perder. Compre sua pipoca e vá preparado para o banho de testosterona que somente um bom filme de ação pode te dar.

+ Crítica completa
+ Curiosidades sobre o spin-off
+ Motivos para ver Hobbs & Shaw
+ Entenda a cronologia de Velozes e Furiosos

Ted Bundy: A Irresistível Face Do Mal: Trazer para as telonas a história de um serial killer não é uma tarefa fácil, ainda mais quando o assassino em questão é um dos mais conhecidos dos Estados Unidos. Abordar a mente doentia de Ted Bundy sem explicitar os crimes cometidos por ele foi um dos grandes acertos do longa.

O Rei Leão: Dirigido por Jon Favreau, o longa retrata uma jornada pela savana africana, onde nasce o futuro rei da Pedra do Rei, Simba. O pequeno leão que idolatra seu pai, o rei Mufasa, é fiel ao seu destino de assumir o reinado. Mas nem todos no reino pensam da mesma maneira. Scar, irmão de Mufasa e ex-herdeiro do trono, tem seus próprios planos. A batalha pela Pedra do Rei é repleta de traição, eventos trágicos e drama, o que acaba resultando no exílio de Simba. Com a ajuda de dois novos e inusitados amigos, Simba terá que crescer e voltar para recuperar o que é seu por direito.

+ Confira nossa crítica completa

Toy Story 4: Em seu quarto filme, que chega nesta quinta-feira aos cinemas, Toy Story se afasta um pouco do que já conhecemos, mas ainda mantém o frescor de seu início. Woody, segue liderando o grupo, é o total destaque dessa nova aventura, já que a trama está focada mesmo em contar o que aconteceu com o cowboy após a despedida de Andy.

+ Confira nossa crítica completa

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus