"Acreditava que morreria sozinha e com algum tipo de vício", revela Jane Fonda

Atriz ganhou o Oscar pela primeira vez aos 35 anos

28/12/2017 14h55

Por Daniel Reininger

A atriz Jane Fonda (Grace and Frank) fez 80 anos em 21 de dezembro e disse à revista People que não esperava nem chegar aos 30.

"Eu nunca imaginei ter 30 anos. Acreditava que não viveria muito e morreria solitária e com algum tipo de vício. Não pensei que viveria tanto, que seria vibrante e saudável e ainda trabalharia. Eu sou grata", conta.

A atriz teve uma vida complicada. Para começar, sua mãe cometeu suicídio quando ela tinha 12 anos. O casamento de seu pai, o ator Henry Fonda, no mesmo ano não foi algo fácil e Jane cita problemas no relacionamento dos dois como parte de suas dificuldades. "Ele era o meu ídolo, mas era um homem emocionalmente frio. Eu o amava mesmo assim", disse.

Ela já comentou anteriormente que ao longo de sua vida sofreu com bulimia, consumiu drogas e chegou a ser abusada na infância.

"Sou grata por ter melhorado ao longo de 80 anos. Julgo menos. Sou uma pessoa que perdoa. Isso não foi sempre verdade. Eu realmente me esforcei para melhorar como ser humano", disse à revista People. A atriz se tornou ainda uma opositora da guerra e ativista pelos direitos das mulheres.

Vale lembrar que Jane Fonda ganhou o Oscar pela primeira vez em 1972, aos 35 anos, pelo filme Klute - O Passado Condena, e novamente por O Amargo Regresso, de 1978. 

A atriz retorna às telinhas com a quarta temporada da comédia Grace and Frankie, em 19 de janeiro, na Netflix.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus