Alan Parker, diretor de Mississipi em Chamas, morre aos 76 anos

O cineasta também comandou O Expresso da Meia-Noite e Coração Satânico

31/07/2020 18h12

Por Alexandre Dias

Alan Parker, diretor de clássicos como Mississipi Em Chamas, morreu aos 76 anos. Segundo o The British Film Institute, o cineasta faleceu nesta sexta-feira (31) após um longo tempo doente, mas sem detalhes de qual exatamente era a sua condição (via Variety). 

Os seus trabalhos na direção começaram nos anos 1970. Nessa década, em 1978, ele lançou O Expresso Da Meia-noite, longa baseado em uma história real sobre o cárcere de um norte-americano na Turquia. Ele foi indicado ao Oscar de Melhor Direção. 

A nomeação nessa categoria da premiação também veio em Mississipi Em Chamas, filme de 1988. Com Gene Hackman e Willem Dafoe no elenco, a trama retrata uma investigação do desaparecimento de ativistas dos direitos civis no estado norte-americano do título, que sofria de muita segregação racial. 

Parker ainda é conhecido por ter comandado Coração Satânico, longa estrelado por Robert De Niro. A história também aborda uma investigação policial, mas sob o caráter sobrenatural. 

O diretor deixa uma esposa e quatro filhos frutos do seu primeiro casamento. 

 

Nesta notícia você leu sobre: Mississipi Em Chamas.

Veja também: Top 6: Filmes imperdíveis do Cinema Negro para ver no streaming


Deixe seu comentário
comments powered by Disqus