Allison Mack: HBO vai produzir série sobre culto sexual

Recentemente, a atriz de Smallville se declarou culpada de seu envolvimento no caso

19/04/2019 13h21

Por Thamires Viana

De acordo com a Variety, a HBO está atualmente em produção de uma série documental que explora o caso do culto sexual NXIVM, que envolveu Allison Mack, a ex-atriz de Smallville.

A série, que será dirigida por Jehane Noujaim e Karim Amer, seguirá pessoas que se juntaram ao grupo de auto-aperfeiçoamento NXIVM e deram uma visão profunda e diferenciada das experiências de seus membros, destacando seu desejo universal de crescimento pessoal. Ainda não há previsão de estreia.

De acordo com os promotores, Mack recrutava mulheres para o culto NXIVM, uma rede de programas de autoajuda com sede em Albany, Nova York. Os recrutas foram informados de que o grupo ajudaria no empoderamento das mulheres, mas a organização foi criada como um esquema de pirâmide, com cursos custando milhares de dólares. Os promotores também alegam que o líder do grupo, Keith Raniere, estabeleceu um culto sexual secreto dentro da organização, no qual "escravas" eram marcadas em suas áreas pélvicas com as iniciais KR.

Mack é acusada de coagir duas moças a fazer sexo com Raniere, pelo qual ela recebeu benefícios financeiros. Raniere, de 57 anos, foi preso em março de 2018. Os promotores alegam que ele obrigou as mulheres a permanecer no grupo ameaçando liberar fotos nuas ou outro material nocivo.

Relembre o caso

O Sun Online revelou no ano passado que Mack havia recrutado aproximadamente 25 mulheres para o suposto culto de escravidão sexual. A matéria foi publicada juntamente com uma entrevista com Frank Parlato, ex-membro do grupo que, após ser expulso, resolveu revelar os segredos do grupo. 

Segundo Parlato, o grupo chamado DOS, derivado do grupo de autoajuda conhecido como NXIVM, é responsável por "fazer uma lavagem cerebral" em jovens mulheres, além de puní-las fisicamente e chantageá-las usando suas informações pessoais e fotos nuas. Kristin Kreuk, a Lana Lang de Smallville, também faz parte da seita.

Kristin Kreuk também pode estar envolvida em seita de tráfico sexual

As seguidoras são obrigadas a viver com uma dieta restrititiva - de até 800 calorias por dia - e precisam recrutar outras mulheres para a seita, como em um esquema de pirâmide. Caso não consigam, são submetidas a castigos físicos, como surras com pás.

As jovens também têm a pele marcada à ferro com um símbolo que supostamente inclui as iniciais de Allison Mack e de Keith Raniere, fundador do grupo.

Mack é responsável por comandar as mulheres que fazem parte do culto, mas todas as suas decisões são tomadas por Raniere, que seria o seu "mestre".

Cicatrizes

Cicatrizes de membros da seita DOS com as iniciais de Allison Mack e Keith Raniere

SAIBA TUDO SOBRE O CASO:

+ Allison Mack, a Chloe de Smallville, é suspeita de comandar seita de escravas sexuais

+ Allison Mack, de Smallville, pode ser presa por comandar seita de escravas sexuais

+ Allison Mack, de Smalville, foi presa pelas acusações de tráfico sexual

+ Allison Mack tentou recrutar Emma Watson e Kelly Clarkson para culto de escravas sexuais

+ Allison Mack é solta após sua mãe pagar fiança de 5 milhões de dólares

+ Allison Mack: Caso envolvendo a atriz vai virar série documental

+ Allison Mack: Seita liderada pela atriz incluía fome, sexo e humilhações

+ Allison Mack se casou com escrava sexual para manter a moça nos EUA

+ Allison Mack: Vítima de seita revela que atriz planejava sequestros e estupros

+ Allison Mack: Ex-integrante revela detalhes da iniciação das escravas no culto 

Allison Mack: Culto liderado por atriz suspende operações devido "circunstâncias extraordinárias"

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus