Ancine libera R$ 530 mil para filme sobre ascensão de Bolsonaro

Nem Tudo se Desfaz terá direção de Josias Teófilo

23/07/2019 19h09

Por Thamires Viana

Dias após ser alvo de críticas por parte do Governo, a Ancine (Agência Nacional do Cinema) liberou R$ 530 mil reais para o documentário Nem Tudo se Desfaz, do diretor Josias Teófilo.

Segundo informações da coluna de Mônica Bergamo para a Folha de S.PauloTeófilo, que já dirigiu um documentário sobre Olavo de Carvalho, um dos apoiadores do governo, diz que o filme não é "sobre Bolsonaro, nem pró-Bolsonaro", mas acredita que as pessoas de direita vão gostar "porque não vem com essas palhaçadas de dizer que foi golpe parlamentar, ignorando milhões de pessoas que foram às ruas [protestar]", diz.

De acordo com uma matéria da Carta Capital, o filme pretende abordar as Jornadas de Junho 2013 para explicar as transformações culturais e políticas que levaram à ascensão de Bolsonaro à presidência nas eleições de 2018.

O anúncio foi feito pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro:

Na última quinta-feira (18), Bolsonaro transferiu o Conselho Superior do Cinema (CSC) para a Casa Civil e durante cerimônia em comemoração aos 200 dias de governo, em Brasília, o atual presidente criticou a Ancine e também o uso de dinheiro público para filmes como Bruna Surfistinha

"Não posso admitir que, com dinheiro público, se façam filmes como o da Bruna Surfistinha. Não dá. Não somos contra essa ou aquela opção, mas o ativismo não podemos permitir, em respeito às famílias", completou. (via O Globo)

Nem Tudo se Desfaz ainda não tem previsão de estreia.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus