Anima Mundi anuncia premiados: confira a lista completa

The Breadwinner e Happiness foram os favoritos do público

06/08/2018 17h28

Por Juliana Varella

A 26ª edição do festival de cinema de animação Anima Mundi chegou ao fim no último domingo, 5 de agosto, depois de passar pelo Rio de Janeiro e por São Paulo. O evento reuniu mais de 40 mil pessoas e trouxe aos cinemas mais de 500 produções nacionais e internacionais.

Entre os premiados, o destaque ficou por conta do longa The Breadwinner, coprodução entre Canadá, Irlanda e Luxemburgo que conta a história de uma afegã vivendo em meio à ditadura do Talibã que é obrigada a se disfarçar de menino para sustentar a família. O filme, que concorreu ao Oscar em 2018, foi escolhido pela soma dos votos nas duas cidades e premiado no valor de R$ 5 mil.

Entre os curtas, o júri premiou o canadense Animal Behaviour e, automaticamente, tornou a produção elegível para concorrer ao Oscar 2019. O filme acompanha um grupo de animais cheios de neuroses que passam por uma sessão de terapia. Já o público preferiu o britânico Happiness, drama sobre um rato que procura desesperadamente pela felicidade entre propagandas de álcool, artigos luxuosos e remédios milagrosos, até ser engolido totalmente pelo modo de vida capitalista. A audiência também elegeu o brasileiro O Homem na Caixa, sobre um mágico especialista em fugas que tenta escapar de uma prisão, depois de décadas encarcerado.

Os curtas foram premiados separadamente no Rio de Janeiro e em São Paulo e os longas tiveram a soma dos votos considerados. Confira todos os vencedores:

PREMIAÇÃO ANIMA MUNDI 2018:

SÃO PAULO

JÚRI POPULAR:

Melhor Longa (R$ 5 mil) – The Breadwinner

Melhor Longa Infantil (R$ 5 mil) – Tito e os Pássaros

Melhor Curta (R$ 10 mil) – Happiness

Melhor Curta Brasileiro (R$ 8 mil) – O Homem na Caixa

Melhor Curta Infantil (R$ 5 mil) – Lé com Cré

Melhor Curta de Estudante (R$ 4 mil) – Enough

 

RIO DE JANEIRO

CURTAS-METRAGENS - JÚRI PROFISSIONAL

Grande Prêmio Anima Mundi (R$ 15 mil) - Animal Behaviour, de Alison Snowden e David Fine (Canadá)

Melhor Roteiro (R$ 4 mil) - Weekends, de Trevor Jimenez (Estados Unidos)

Melhor Concepção Sonora (R$ 4 mil) - Island, de Max Mortl e Robert Lobel (Alemanha)

Melhor Direção de Arte (R$ 4 mil) - Agouro, de David Doutel e Vasco Sá (Portugal-França)

Melhor Técnica de Animação (R$ 4 mil) - Augenblicke, de Kiana Naghshineh (Alemanha)

Melhor Filme da Sessão Galeria (R$ 4 mil) - Grandes Canons, de Alain Biet (França)

Melhor Filme da Sessão Portfólio (R$ 4 mil) - Everything in Black & White, de Mateus de Paula Santos e Fábio Acorsi (Brasil)

 

CURTAS-METRAGENS - JÚRI POPULAR

Melhor Curta (R$ 10 mil) - Happiness, de Steve Cutts (Reino Unido)

Melhor Curta Brasileiro (R$ 8 mil) - O Homem na Caixa, de Ale Borges, Alvaro Furloni e Guilherme Gehr (Brasil)

Melhor Curta Infantil (R$ 5 mil) - Formigas, de Julia Ocker (Alemanha)

Melhor Curta de Estudante (R$ 4 mil) - Comme un éléphant dans un magasin de porcelaine, de Louise Chevrier, Luka Fischer, Rodolphe Groshens, Marie Guillon, Estelle Martinez, Benoit Paillard, Lisa Rasasombat (França)

 

CURTAS-METRAGENS - PRÊMIOS ESPECIAIS

Prêmio Canal Brasil de Curtas (R$ 15 mil) - Guaxuma, de Nara Normande

Prêmio Carlos Saldanha de Melhor Curta Brasileiro (R$ 5 mil) - O Homem na Caixa, de Ale Borges, Alvaro Furloni e Guilherme Gehr.

Prêmio Carlos Saldanha de Melhor Curta de Estudante Brasileiro (R$ 3 mil) - Lé com Cré, de Cassandra Reis

Prêmio ACCRJ de Melhor Curta-Metragem Brasileiro - Barone, de Douglas Hoose

Prêmio ACCRJ de Melhor Longa-Metragem - As Aventuras de Fujiwara Manchester - O Filme, de Alê Camargo

Prêmio Maratona Animada SENAI (R$ 5 mil) - Inteligência Emocional - Equipe Bugbite - SP

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus