Annabelle: Descubra histórias sinistras reais dos Warren

Visitamos o museu para o lançamento do terceiro filme da boneca demoníaca

24/06/2019 19h00

Por Daniel Reininger

Fui convidado pela Warner Bros. para ir aos EUA conhecer o museu dos pesquisadores paranormais Ed e Lorraine Warren, pessoas reais que inspiraram os personagens de Invocação Do Mal e Annabelle. E a experiência foi assustadora!

Union Cemetery

No dia do passeio, após assistir ao filme, que você descobre o que achei no texto de primeiras impressões, fomos ao cemitério mais assombrados dos EUA, o Union Cemetery. Lá, a aparição White Lady (Dama de Branco) assombra o local, além de outros fantasmas. O Cemitério e a região em volta possui diversos relatos de avistamentos desde o final da década de 1940, sempre de uma mulher rondando o local vestindo uma camisola branca ou vestido de noiva.

+ Veja fotos da visita aos locais assombrados

A visita guiada contou com a presença do pesquisador paranormal e genro de Ed e Lorraine Warren, Tony Spera, que nos contou algumas histórias enquanto andávamos pelo cemitério centenário. Uma das histórias, envolve um motorista que atropelou uma mulher vestida de branco e, quando foi checar o que houve, percebeu que não havia atingido ninguém vivo e sim um fantasma, que não estava mais lá. 

Várias teorias surgiram sobre a origem do fantasma, incluindo uma mulher que morreu há séculos. Há uma lápide no Cemitério pertencente a Harriet B. Seeley, que afirma que ela teve um filho que morreu antes dela em 1853. A entidade estaria, então, em busca de seu filho morto.

Union Cemitery

No local, Spera também revelou que Ed Warren prometeu mandar algum sinal caso existisse um local bom na vida após a morte. Anos depois da morte do sogro, ao tirar uma foto da lua, uma das paixões de Ed em vida, Spera capturou uma imagem fantasmagórica de Ed sorrindo e teve certeza que era o sinal prometido.

+ Veja a galeria de nossa visita

No local, aprendemos a capturar fotos de fantasmas e fomos incentivados a fazer algumas tentativas. Não capturei nada, mas uma das jornalistas norte-americanas presentes afirma ter capturado uma imagem de um menino entre os túmulos. Porém, ela nunca mostrou a foto.

Jantar com exorcismo

Após o cemitério, fomos a um restaurante chamado Roberto's, localizado na cidade de Monroe, Connecticut. Lá jantamos, assistimos vídeos e ouvimos relatos de exorcismos reais conduzidos por Ed Warren, Tony Spera e Lorraine Warren. Um dos vídeos mostra a versão real de Maurice, caso que aparece em Invocação do Mal e cujo personagem aparece A Freira.

Spera mostrou ainda um vídeo que seria a prova da existência da White Lady capturada no Union Cemetery. Esse deu arrepios. Em outro vídeo, podemos ver uma mesa sendo movida com força, supostamente por um fantasma raivoso que não deixava uma família em paz e estava sendo expulso por Ed.

Spera explicou ainda que a maioria dos casos são resolvidos de forma bem-sucedida. Quando o assunto é exorcismo, ele explica que podem acontecer recaídas, já que, segundo Spera, demônios se aproveitam de pessoas fracas espiritualmente.

No caso de Maurice, ele ficou bem por muitos anos, mas eventualmente acabou tendo uma recaída, matou a esposa e se matou.

Stepney Cemetery

Após o jantar, visitamos o túmulo de Ed e Lorraine Warren. O local conta com diversos símbolos de proteção e Spera contou como Ed sobreviveu por milagre a um naufrágio na Segunda Guerra Mundial e soube, naquele dia, que tinha uma missão divina.

Stepney

Após seu navio afundar, Ed estava envolto em chamas e não tinha pra onde ir. Pouco antes de ser consumido pelo fogo sobre a água, um barco de resgate aparece e o tirou do perigo.

No cemitério, também aprendemos a capturar sons de fantasmas e fomos incentivados a tentar. Obviamente eu tentei seguir os passos passados por Spera, mas novamente não capturei nada em meus gravadores. Ainda bem.
Spera ainda explicou que a Ed e Lorraine ajudaram muitas pessoas em suas vidas, resolvendo casos que outros especialistas de outras áreas, como médicos, não conseguiram resolver.

Museus dos Warren

No fim da noite, fomos ao principal local de nosso tour: O Museu paranormal dos Warren, onde está a Annabelle verdadeira. O local é sinistro, abençoado por um padre semanalmente. Antes de entrar, um padre abençoou a mim e todos os presentes.

Bem diferente do filme, o local está abarrotado de objetos amaldiçoados, assombrados ou usados em rituais satânicos. Fomos avisados para não tocar em nada e as placas com avisos semelhantes estavam por todos os lados.

Visita museu Warren

No local, Spera contou que. após Ed Warren retirar um ídolo satânico da floresta, o sumo sacerdote satanista fez Lorraine ficar um mês em coma usando seu poder sombrio. Ele não deu detalhes, mas falou que os médicos não tinham explicação para o caso de Lorraine. Até que um dia ela voltou à consciência e Ed entendeu aquilo como um aviso para não se meter mais com os satanistas. Os dois lados passaram a ter uma relação de respeito, sem se meterem nos assuntos dos outros.

Histórias como essa permearam a visita. Spera ainda contou que um padre provocou o demônio que usa Annabelle como canal ao mundo material e, na volta pra casa, bateu o carro. Inclusive vemos essa história em Annabelle. O mesmo aconteceu com um casal de jovens motoqueiros que tirou sarro da boneca, mas o garoto não teve tanta sorte e morreu na batida após o casal ver a boneca numa curva.

A visita foi extremamente interessante para quem gosta de histórias do oculto. Sobre acreditar ou não, vai de cada um. Mas com certeza o clima arrepiante conseguiu causar sensações diversas em todos os presentes.

Você pode ver mais do local em nossa galeria. E assistir o trailer de Annabelle 3 - De Volta Para Casa abaixo:

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus