Notícias

As últimas novidades sobre o mundo do cinema e entretenimento. Destaques do cinema nacional e internacional.

Assistimos 20 minutos de Transformers: O Último Cavaleiro e contamos tudo

Longa estreia em 20 de julho no Brasil
05/04/2017 12h00
por Daniel Reininger
Cena de Transformers  O Último Cavaleiro

Fomos convidados pela Paramount para assistir 20 minutos de Transformers: O Último Cavaleiro num evento para imprensa e fãs realizado no Imax do Shopping Bourbon, em São Paulo, e o que vimos deixa claro que o novo filme possui tudo que podemos esperar da franquia, para o bem e para o mal.

As cenas vistas foram editadas de forma bruta e não deixam escapar muito de como será a narrativa, mas esclarecem algumas coisas, como a guerra entre humanos e robôs, a antiga relação entre as duas raças e o futuro decadente. As cenas de comédia e ação ainda estão presentes e o clima da franquia está todo lá.

Segundo Michael Bay, que mandou um recado para os presentes na sessão, foram contratados 14 roteiristas para criarem 14 histórias diferentes e, a partir disso, ele e os produtores decidiram os rumos da franquia no futuro, inclusive neste próximo filme. O diretor acredita que esse longa trará algo novo, resta saber se ele está certo.

Transformers: O Último Cavaleiro foi filmado em IMAX 3D, com duas câmeras especiais para gravar as cenas já em profundidade, e este será o único filme de 2017 a usar este recurso, que deve acrescentar US$ 15 milhões ao orçamento do longa, segundo Bay, mas o resultado promete ser espetacular. Infelizmente, não pudemos conferir o filme nesse formato por questões técnicas.

Sobre as cenas vistas, a impressão que fica é que o longa deve ser frenético, não se preocupar muito com roteiro, para variar, e vai abusar das cenas de ação grandiosas. O lado bom é que os robôs parecem cada vez mais realistas na tela.

As Cenas (Cuidado, spoilers adiante)

A exibição começa com o Rei Arthur e os Cavaleiros da Távola Redonda em uma terrível batalha campal até que Merlin vai até uma nave caída e "invoca" Transformers para ajudá-los na batalha, uma extensão da cena vista no trailer.

Então, somos levados aos dias atuais e um grupo de crianças explora uma zona destruída por batalhas. Eles procuram algum souvenir dos aliens, mas são encontrados pelas forças de seguranças humanas e encurralados por um robô que parece muito com o ED-209 de Robocop.

É aí que a jovem Izzy (Isabela Moner) e seus colegas robóticos ajudam os garotos, ao preço da vida de um dos Transformers aliados da garota. A cada cena fica mais claro que o filme se passa em algum tipo de futuro decadente, no qual a derrota dos Autobots criou um cenário onde os seres humanos lutam contra máquinas a qualquer custo.

Eventualmente, Cade Yeager (Mark Wahlberg) aparece e fica claro que ele ainda trabalha com os Autobots restantes e aí as explosões e tiroteios ficam mais intensos. Com algumas cenas rápidas, vemos melhor a relação de Cade e Izzy e, após uma perseguição por drones das forças humanas, Cade é encontrado por um robô mordomo, claramente inspirado em C-3P0 de Star Wars, que o leva até o personagem de Anthony Hopkins na Inglaterra, que tem informações secretas que podem ajudar Cade e os Autobots.

Depois, algumas cenas rápidas foram exibidas e mostram que Optimus Prime, à beira da morte no vazio do espaço, sente remorso por decisões do passado e, em busca de redenção, se alia ao que parece ser sua "criadora" e se torna mau, algo que já vimos no trailer. Em seguida, uma ou várias naves gigantescas chegam à Terra. Combates são constantes, o filme terá um novo par romântico, o rei Arthur volta a aparecer como parte da mitologia e, finalmente, vemos que os Transformers lutaram até contra os nazistas durante a Segunda Guerra Mundial, outro rápido momento visto no trailer.

A exibição mais pareceu um trailer estendido e algumas situações pareciam mais malucas do que deveriam, mas fica claro que para os fãs da franquia vem mais um filme explosivo por aí. O longa estreia em 20 de julho no Brasil. Veja o trailer:

Daniel Reininger

Daniel Reininger

Editor-Chefe

Fã de cultura pop, gamer e crítico de cinema, é o Editor-Chefe do Cineclick.

FAVORITAR

noticia NÃO FAVORITADA

COMPARTILHE:

COMENTAR

comments powered by Disqus