Atriz pornô August Ames é encontrada morta após ser acusada de homofobia

Ela já havia faturado dois prêmios no Adult Video News

27/12/2017 17h39

A atriz pornô canadense August Ames, cujo nome verdadeiro era Mercedes Grabowski, de 23 anos, foi encontrada morta na California. Segundo a polícia local, não há indícios de crime.

+ Atrizes e atores do pornô que foram parar em Hollywood

Ela era acusada de homofobia nas redes sociais e amigos de August afirmaram que ela tinha de depressão e sofreu bullying virtual antes de sua morte.

Eu seu último post na rede social, August escreveu: “fodam-se vocês todos”, após dizer que não precisava se desculpar por suas recentes declarações.

+ Alta temperatura: 10 filmes para você assistir na onda de Cinquenta Tons de Cinza

No Twitter, a atriz havia escrito que a “maioria das garotas não grava com homens que tenham feito filme pornô gay, por segurança. Eu não coloco meu corpo em risco. Eu não sei o que eles fazem em suas vidas privadas”, completou. Após os posts e toda a repercussão, ela adicionou que “ama a comunidade gay” e que não teve a intenção de ser maliciosa. 

O diretor Kevin Moore, marido de August, afirmou: “Ela foi a melhor pessoa que eu conheci e significava o mundo para mim”. Em sua carreira, August já havia faturado dois prêmios no Adult Video News.

 

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus