Bilheteria EUA: Invocação do Mal 2 bate Warcraft no país

Terror desbancou também as Tartarugas Ninja

12/06/2016 16h04

Por Julia Viana

Invocação Do Mal 2 fica com o lugar mais alto do pódio da bilheteria dos Estados Unidos, na frente de Warcraft - O Primeiro Encontro De Dois Mundos - mesmo este liderando o ranking internacional (sem apoio do público norte-americano, mas com suporte da China).

+ Leia a crítica de Invocação do Mal 2

Em 2016, as produções que são sequência de outros filmes estão passando por uma fase complicada; portanto, os US$ 40 milhões feitos por Invocação do Mal 2 têm bastante peso no cenário cinematográfico atual. Já Warcraft não atingiu as expectativas, arrecadando aproximadamente US$ 24 milhões nos cinemas americanos.

Fechando o Top 3, Truque De Mestre: O Segundo Ato arrecadou um valor bem próximo do segundo lugar: US$ 23 milhões. Considerando que o orçamento do longa ficou entre US$ 15-20 milhões, enquanto o primeiro filme da franquia gastou US$ 75 milhões e arrecadou somente US$ 6 milhões a mais do que o segundo em seu fim de semana de estreia, podemos dizer que o terceiro lugar no ranking não foi tão mal.

As Tartarugas Ninja - Fora Das Sombras - no topo do ranking em sua semana de estreia - caiu 58,1% em relação à semana passada e ficou com a quarta colocação nos Estados Unidos, arrecadando US$ 14,8 milhões. A quinta posição ficou com X-men: Apocalipse, que arrecadou US$ 10 milhões.

Veja abaixo como ficou o Top 10, de acordo com o Box Office Mojo:

1. Invocação Do Mal 2 - US$ 40,35 milhões

2. Warcraft - O Primeiro Encontro De Dois Mundos - US$ 24,35 milhões

3. Truque De Mestre: O Segundo Ato - US$ 23,02 milhões

4. As Tartarugas Ninja - Fora Das Sombras - US$ 14,8 milhões

5. X-men: Apocalipse - US$ 10 milhões

6. Como Eu Era Antes De Você - US$ 9,21 milhões

7. Angry Birds: O Filme - US$ 6,7 milhões

8. Alice Através Do Espelho - US$ 5,54 milhões

9. Capitão América: Guerra Civil - US$ 4,3 milhões

10. Mogli - O Menino Lobo - US$ 2,72 milhões

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus