Bilheteria EUA: Velozes e Furiosos mantém a liderança e chega a US$ 900 milhões no mundo

Longa fez mais US$ 38 milhões no fim de semana

24/04/2017 10h47

Por Daniel Reininger

Velozes E Furiosos 8 caiu mais de 60% em relação à semana de estreia, mas continua na frente da bilheteria norte-americana. O mais novo filme da saga faturou mais US$ 38 milhões no fim de semana nos EUA. Mundialmente, já chegou aos US$ 900 milhões embolsados.

Em segundo lugar aparece a animação da Dreamworks, O Poderoso Chefinho. O filme ficou várias semanas em primeiro e só foi destronado por Velozes 8, mas ainda mantém seu bom desempenho e continua na segunda colocação com mais US$ 12 milhões faturados nesse fim de semana. No longa, um bebê "especial" é enviado para uma missão com o objetivo de impedir que os cachorros roubem o lugar dos bebês no coração dos adultos. No mundo, o filme já faturou US$ 358 milhões até agora.

Na terceira posição aparece o live-action A Bela E A Fera com US$ 9 milhões. O filme da Disney com Emma Watson está com um ótimo desempenho nas bilheterias e já ultrapassou a marca de US$ 1,1 bilhão mundialmente.

Na quarta colocação aparece a estreia Born in China, com US$ 5,1 milhões. O longa é um documentário da Disneynature narrado por John Krasinski e acompanha as aventuras de três famílias de animais nas selvas da China: pandas, macacos e leopardos.

Despedida Em Grande Estilo completa o top 5 com arrecadação de US$ 5 milhões. Na trama, três aposentados de Nova York planejam assaltar um banco e usar o dinheiro para curtir seus últimos anos de vida.

Confira os resultados do BoxOffice:

1. Velozes E Furiosos 8 - US$ 38,6 milhões
2. O Poderoso Chefinho - US$ 12,7 milhões
3. A Bela E A Fera - US$ 9,9 milhões
4. Born in China - US$ 5,1 milhões
5. Despedida Em Grande Estilo - US$ 5 milhões
6. Os Smurfs E A Vila Perdida - US$ 4,8 milhões
7. Paixão Obsessiva - US$ 4,8 milhões
8. Gifted - US$ 4,5 milhões
9. A Promessa - US$ 4 milhões
10. Z- A Cidade Perdida - US$ 2,1 milhões

Assista ao trailer de Velozes 8:

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus