Bright: Em coletiva, Will Smith arranca gargalhadas e conta detalhes do longa

"Esse filme é uma mistura de Dia De Treinamento com O Senhor Dos Anéis"

11/12/2017 17h47

Por Thamires Viana

Com um painel fechado com chave de ouro na noite do último domingo (10) na CCXP 2017, a Netflix promoveu na manhã dessa segunda-feira, uma coletiva de imprensa para divulgar Bright, longa de ficção científica que traz Will Smith (Eu Sou A Lenda) e Joel Edgerton (A Hora Mais Escura) no elenco. A presença dos atores e do diretor David Ayer (Esquadrão Suicida) fez a alegria dos jornalistas que caíram na gargalhada com as graças feitas por Smith.

Durante a entrevista, Smith contou sobre como foi presenciar o outro lado do racismo. Na trama, o ator vive um policial negro que tem como parceiro um Orc que sofre preconceito de sua própria raça, vivido por Edgerton."Foi completamente diferente e interessante viver isso sendo afro-americano", disse. "Vi como é estar na pele de alguém que coloca sua vida em risco para proteger alguém que possivelmente o odeia", contou. 

+ Confira a galeria de Cosplays na CCXP 2017

Eles aproveitaram para falar sobre como o filme tem potencial para criar discussões sociais sobre assuntos sérios como o preconceito. "Acredito que gerará algumas discussões, mas é um filme feito para entreter. Em toda a minha carreira, tento equilibrar meus trabalhos com alguma noção sobre a vida. Quero que as pessoas curtam e tenham consciência sobre esses assuntos importantes. Ah, e também quero que assinem a Netflix", brincou Smith. O tratamento cruel abordado no filme é o grande foco. "Esse filme é uma mistura de Dia De Treinamento (dirigido por Ayer), com O Senhor Dos Anéis", lembrou o diretor. 

Edgerton mencionou o quão compensador foi finalizar as gravações. Ele enfrentava cerca de 4 horas diárias para se caracterizar como um Orc. "Foi bom sair da zona neutra de viver um personagem comum. Me senti isolado dentro daquela maquiagem que me deixava com um aspecto totalmente diferente. Foi importante também a experiência de vivenciar o outro lado do preconceito nessa questão. Nunca havia passado por maus tratos dentro ou fora das cenas", disse o ator.

Smith aproveitou o momento para descontrair dizendo "Eu achava que tinha de entreter o Joel. Um dia cheguei no set, acho que no 57° dia de filmagem, gritando "Vamos, Joel, vamos lá.", e ele só me disse 'Você precisa me deixar em paz hoje, Will. Chega de tanta positividade'", lembraram os atores arrancando gargalhadas.

O elenco do longa traz Noomi Rapace, Edgar Ramirez, Ike Barinholtz, Enrique Murciano, Jay Hernandez, Andrea Navedo, Veronica Ngo, Alex Meraz, Margaret Cho, Brad William Henke, Dawn Olivieri e Kenneth Choi.

Bright estreia na Netflix em 22 de dezembro de 2017.

Confira o trailer:

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus