Bright: Longa com Will Smith não agrada os críticos e tem aprovação baixa

Algumas apontam o filme como "Desastre", "Horrível" e "Pior filme do ano"

21/12/2017 17h00

Por Thamires Viana

Os críticos americanos parecem mesmo não ter gostado de Bright, longa original da Netflix que traz Will Smith e Joel Edgerton como os protagonistas. Algumas críticas apontam o longa como "Desastre", "Horrível" e "Pior filme do ano". 

Com 29% de aprovação no Rotten Tomatoes, Bright recebeu críticas como a do site The Hollywood Reporter que define o longa como um "produto muito embaraçoso que não é envolvente o suficiente". Já a Vanity Fair denomina a trama como "um filme que é um naufrágio absoluto" e a Forbes critica o roteiro, dizendo que "parece um primeiro rascunho não desenvolvido". 

+ Confira a nossa crítica de Bright

Um crítico do site Indiewire disse em sua crítica que o longa é o pior de 2017. O diretor David Ayer usou sua conta no Twitter para rebater o jornalista. 

Confira: 

Bright contou com um orçamento aproximado de US$ 100 milhões tem o roteiro assinado por Max Landis. A trama acompanha um humano e um orc que protegem uma varinha mágica de autoridades. Além de Smith e Edgerton, o elenco traz Lucy Fry, Ike Barinholtz, Édgar Ramírez, Brad William Henke e Noomi Rapace.

O longa chega à plataforma no dia 22 de dezembro.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus