Cannes: Personal Shopper, drama paranormal com Kristen Stewart, é vaiado no festival

Diretor defendeu o filme e disse que tudo não passou de mal entendido

17/05/2016 19h38

Por Iara Vasconcelos

Ser vaiado em Cannes é um dos maiores pesadelos dos cineastas e atores que exibem seus filmes durante o festival. Aconteceu no ano passado, durante a exibição de The Sea Of Trees, de Gus Van Sant, e aconteceu novamente na edição 2016. Dessa vez foi o drama paranormal Personal Shopper, estrelado por Kristen Stewart, que causou decepção e furor entre os críticos.

Na disputa pela Palma de Ouro, o filme narra a história de uma americana que se muda para Paris por conta do trabalho de Personal Shopper - uma espécia de compradora profissional - de uma celebridade local. A vida da garota começa a mudar quando ela manifesta dons sobrenaturais que a permitem conversar com o mundo dos mortos.

Durante coletiva de imprensa, o diretor Olivier Assayas, que já comandou Stewart no elogiado Acima Das Nuvens, defendeu a produção e acha que tudo não passou de um mal-entendido: "Filmes têm vida própria. Algumas pessoas têm expectativas sobre um longa e depois percebem que ele é outra coisa. Acontece quando as pessoas simplesmente não entendem o final".

Polêmicas

A edição desse ano já coleciona polêmicas. No último final de semana, as atrizes Julia RobertsKristen Stewart Sasha Lane desfilaram pelo tapete vermelho usando luxuosos vestidos, mas com os pés descalços. O gesto foi um protesto contra os casos de mulheres barradas durante a Premiére do filme Carol por não estarem usando o sapato "adequado".

Já a equipe de Aquarius, filme brasileiro que também concorre a Palma de Ouro, protestou contra o Impeachment da presidente Dilma Rousseff. 

+ Polêmicas do Festival de Cannes

O festival de Cannes acontece até dia 22 e, pela primeira vez, terá o vencedor da Palma de Ouro como filme de encerramento.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus