CCXP: Artista de Rogue One revela segredos de BB-8, amado robô de Star Wars

Herring também contou o que os fãs podem esperar do novo filme

04/12/2016 00h42

Por Daniel Reininger

O convidado do painel de Rogue One: Uma História Star Wars foi Brian Herring, responsável por efeitos especiais de marionetes para produções como Prometheus e, mais recentemente, responsável por dar vida ao amado BB-8, de Star Wars: O Despertar Da Força.

Durante o painel, Herring mostrou uma foto dos bastidores em que ele opera BB-8 – função que ele divide com David Chapman. "Lembram a primeira cena do BB-8, andando na areia? Todo mundo pensa que era CGI, mas era eu correndo atrás do BB-8", contou, arrancando risos da plateia. O amado robozinho ganhou sete versões diferentes, incluindo uma com rodinhas e outra operada por controle remoto.

Herring revelou que ele era responsável pelos barulhos de BB-8 nas cenas de intração com atores "Trabalhei com a Daisy Ridley (a Rey) e ter o BB-8 físico para ela atuar era muito importante. Eu fazia o barulho do personagem e ela reagia. É importante ter algo físico para o ator fazer sua performance".

Ele ainda comentou sobre como a tecnologia ajuda seu trabalho. "O digital ajuda os efeitos práticos e nós nos complementamos. Fazemos coisas com efeitos práticos e CGI. Há várias tomadas que não sei se é o real ou o virtual".

Rogue One

As criaturas de Rogue One, que estreia dia 15 de dezembro, também tiveram espaço para serem exploradas em detalhes em um vídeo exclusivo: destaque para o ser peludo chamado de Moroff. "Não vou contar muito sobre ele, mas é uma das criaturas mais incríveis. O pelo dele é colocado um por um nesse traje, como o Chewbacca", contou Herring. Outro que merece ser mencionado é o General Rades, que foi concebido para se parecer com o primeiro ministro britânico Winston Churchill.

Para fechar, ele disse que um único personagem do filme exigiu uma equipe de 17 operadores ao mesmo tempo. "Não vou contar nada. Mas você vai saber quem é quando ver", disse.

Herring também contou o que os fãs podem esperar do novo filme. "Gareth (diretor) trouxe seu estilo documental para a tela. Você ainda está numa galáxia muito, muito distante, mas você está dentro dessa galáxia. Você está no meio da ação. Esse estilo de filmagem eu nunca vi. É diferente dos episódios de Star Wars. É bom ver os diretores trazendo seu próprio olhar para algo assim", finalizou.

Fique ligado para nossa entrevista exclusiva com Brian Herring.

Confira o vídeo exibido primeiro na CCXP 2016:

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus