"Cenas de tortura foram as mais divertidas", diz Jennifer Lawrence sobre Operação Red Sparrow

Atriz interpreta uma ex-bailarina do Bolshoi que se torna agente secreta

22/02/2018 15h47

Por Daniel Reininger

Jennifer Lawrence e Francis Lawrence voltam a trabalhar juntos após Jogos Vorazes em Operação Red Sparrow, filme de espionagem com lançamento marcado para 1º de março. Para divulgar o longa, a dupla participou de uma coletiva de imprensa na manhã desta quinta-feira (22), em São Paulo.

Com transmissão pela internet, diretamente de Londres, os dois comentaram sobre o longa que traz Dominika, uma ex-dançarina do Balé Bolshoi recrutada pelo governo russo para servir como agente. Com muitos momentos pesados de violência e sexo protagonizados por Lawrence, a atriz disse que algumas das cenas de tortura foram as mais divertidas de filmar.

"Na verdade, algumas das cenas de tortura foram as mais legais de gravar. Em qualquer trabalho, se no fim das contas eu não estou contente com o que faço, eu não farei. Atuar é uma forma de libertação. É um sentimento reconfortante, quero poder rir, me divertir no trabalho Quando falam 'ação', mesmo que seja uma forma diferente de diversão, causada pela adrenalina", conta.

Sobre um momento específico, no qual a atriz é amarrada nua e sob água fria, comentou: "Ficar com os braços amarrados não era muito bom, mas eu sabia o que esperar. É ótimo trabalhar com Francis porque ele é muito organizado", explicou a atriz.

Lawrence disse ainda que tem alguns critérios para aceitar viver papéis complicados como Dominika. "Precisa ser algo que me desafie, porque interpretação é um músculo que eu preciso exercitar sempre. Também quero trabalhar com diretores que admiro e confio. Além disso, precisa ser um roteiro que eu goste e me intrigue. Às vezes, tem uma conexão química com a personagem. Muitas vezes, são seis meses interpretando alguém. Então, pode ser uma questão simples como: 'Será que eu quero ser essa pessoa por seis meses?', explica.

Operação Red Sparrow, baseado no livro de 2013 escrito pelo ex-funcionário da CIA Jason Matthews, poderia ganhar uma continuação, afinal, a versão literária faz parte de uma trilogia, mas vai depender da recepção do público. "Não há nada concreto sobre sequências. Nós queríamos fazer um filme e poderíamos contar mais histórias sobre Dominika, já que há outros dois livros publicados. Tenho algumas ideias de como a história poderia prosseguir", comentou o diretor.

Jennifer ainda falou sobre como o filme vem numa hora propícia, na qual se discute o abuso sexual em Hollywood. "Os personagens são todos ficcionais, mas eu acho o longa empoderador. Para mim, pessoalmente, foi muito empoderador. Acho que não teria hora melhor para ele ser lançado".

O cineasta, além de comandar os últimos Jogos Vorazes, também dirigiu clipes como Bad Romance, Sk8er Boi, Run the World (Girls). Durante a coletiva, a atriz comentou qual obra musical do diretor gosta mais. "Eu tenho um clipe preferido. 'I'm a Slave 4 U', da Britney Spears".

O próprio diretor comentou seu trabalho com clipes. "Eu tenho alguns favoritos por razões diferentes. Um dos últimos que fiz foi Bad Romance, da Lady Gaga e foi uma colaboração muito boa", completou Francis Lawrence.

Assista ao trailer de Operação Red Sparrow:

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus