Cine Ceará 2015: Veja os vencedores da 25º edição do festival

Evento é promovido pela Universidade Federal do Ceará

24/06/2015 21h42

Por Daniel Reininger

O 25º Cine Ceará chegou ao fim nesta quarta-feira, 24 de junho, com uma homenagem ao cineasta Cacá Diegues. Na cerimônia de premiação, o diretor recebeu o Troféu Mucuripe. Além disso, foram anunciados os vencedores da competição de longas e curtas. O grande vencedor foi O Clube, filme do chileno Pablo Larrain.

+ Saiba mais sobre O Clube

O longa conquistou o troféu Mucuripe em quatro categorias principais: Melhor Longa-Metragem, pelo qual levou o prêmio de US$ 10 mil, além de Roteiro, Ator - o prêmio foi concedido para todo o elenco masculino – e Crítica (júri Abraccine). Na trama, um grupo de sacerdotes percadores convive com uma freira em uma casa na costa chilena, como forma de penitência. Quando não estão orando e expiando seus pecados, eles treinam seu cachorro para corridas. Quando um novo padre chega no local e logo se mata, a igreja envia um investigador para entender o que acontece no local.

O segundo filme mais premiado foi Cavalo Dinheiro, de Pedro Costa, vencedor em três categorias: Fotografia, Direção de Arte e Som. Jauja, que estreia nesta quinta-feira no Brasil, recebeu o prêmio de Melhor Direção e  Loreak levou o troféu de Melhor Atriz. Já Obra do Século conquistou Melhor Edição e Trilha Sonora Original.

+ Leia a crítica de Jauja

Cordilheiras no Mar: A fúria do fogo Bárbaro, de Geneton Moraes Neto, recebeu um Prêmio Especial do júri da Mostra Competitiva Ibero-Americana de Longa-metragem pela importância de discutir o papel fundamental de Glauber Rocha na história política e cultural do Brasil.

Após a homenagem e a cerimônia de encerramento, aconteceu a exibição do longa-metragem experimental Medo do Escuro, no Cineteatro São Luiz. No filme, um homem solitário vaga perdido por uma cidade pós-apocalíptica.

O Cine Ceará é promovido pela Universidade Federal do Ceará. 

Confira os vencedores:

Mostra Competitiva Ibero-Americana de Longa-Metragem

Melhor Longa-Metragem – "O Clube" 

Melhor Direção - Lisandro Alonso por "Jauja"

Melhor Fotografia Leonardo Simões por "Cavalo Dinheiro"

Melhor Edição Yan Vega por "A Obra do Século"

Melhor Roteiro Guilhermo Calderón, Daniel Villalobos e Pablo Larraín por "O Clube"

Melhor Som Óliver Blanc e Vasco Pedroso, por "Cavalo Dinheiro"

Melhor Trilha Sonora Original Vicente Rorras, em "A Obra do Século"

Melhor Direção de Arte Pedro Costa por "Cavalo Dinheiro"

Melhor Ator Elenco masculino do filme "O Clube"

Melhor Atriz Itziar Ituño "Loreak"

Prêmio especial do júri "Cordilheiras no Mar: a fúria do fogo Bárbaro"

Prêmio da Crítica para Melhor Longa (Abraccine) "O Clube"

Menção Honrosa da Crítica (Abraccine) "Crumbs"

 

Mostra Competitiva Brasileira de Curta-Metragem

Melhor Curta-Metragem "Kyoto", de Deborah Viegas

Melhor Direção "Virgindade", de Chico Lacerda

Melhor Roteiro "Quintal", de André Novais Oliveira

Melhor Produção Cearense "Miragem", de Virgínia Pinho

Prêmio especial do júri "Feio, Velho e Ruim", de Marcus Curvelo

Prêmio da crítica para Melhor Curta - "Quintal", de André Novais Oliveira


Mostra Olhar do Ceará

Prêmio Descaminhos dos Sentidos - "Citopídeo", do grupo Chinfrapala

Prêmio A Ficção Necessária - "Tenho um dragão que mora comigo", de Wislan Esmeraldo

Troféu Mucuripe -Prêmio Melhor Filme "Alguns Páreos em Palermo", de Gabriel Silveira

Menção Honrosa - "Vailamideus", de Ticiana Augusto Lima

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus