Crítica: Buscando... radicaliza na linguagem e conquista seu lugar entre os melhores do ano

Longa usa telas de computador para contar a história de uma garota desaparecida

06/09/2018 13h25

Por Juliana Varella

A filha de David Kim (John Cho) desapareceu. De repente, ele percebe que não sabe quase nada sobre a menina e decide vasculhar seu notebook para descobrir tudo o que puder sobre seus amigos, seus planos e seu paradeiro.

O suspense Buscando..., que estreia no dia 20 de setembro, mas já tem pré-estreias a partir do dia 7, chama a atenção tanto pela trama muito bem costurada quanto pela linguagem: todas as cenas se passam na tela de um computador, que narra a história a partir de aplicativos de conversa, pesquisas no Google, arquivos e redes sociais. 

"Um filme que capta com precisão assombrosa o nível de interação que uma pessoa comum pode ter com um computador na vida real."

Confira a crítica completa clicando na foto (spoiler: o filme foi aprovadíssimo pela nossa redação!):

Cena de Buscando...

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus