Crítica: Máquinas Mortais desperdiça potencial

Longa chega aos cinemas nesta quinta-feira (10)

09/01/2019 18h45

Por Thamires Viana

Máquinas Mortais chega aos cinemas nesta quinta-feira (10) com uma história ambientada num mundo pós-apocalíptico, destruído pela Guerra dos 60 Minutos, que transformou o mundo num deserto radioativo. 

"As perseguições são incríveis, as batalhas bem feitas, com referências de Star Wars, Segunda Guerra Mundial, Senhor dos Anéis, Hobbit e, claro Mad Max. Curioso é que como os personagens são desinteressantes, quando a pancadaria começa e as coisas explodem você sente pena das coisas legais serem destruídas e não pelas pessoas se machucarem."

Mortal Engines é o primeiro livro de uma série steampunk em quatro volumes, conhecidos por Hungry City Chronicles, do autor britânico Philip Reeve. O longa tem produção de Peter Jackson e direção de Christian Rivers, ganhador do Oscar de Efeitos Visuais por King Kong.

Inteiramente filmado na Nova Zelândia, Máquinas Mortais tem roteiro assinado por Peter Jackson e traz Hugo Weaving, Hera Hilmar, Robert Sheehan, Jihae, Ronan Raftery, Leila George, Patrick Malahide e Stephen Lang no elenco principal.

CONFIRA A CRÍTICA COMPLETA

Máquinas Mortais estreia em 10 de janeiro.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus