Crítica: O Anjo é ótima pedida para amantes de suspense

Novo longa do diretor Luis Ortega chega aos cinemas nesta quinta-feira (18)

17/04/2019 18h07

Por Thamires Viana

O Anjo, longa mais recente do diretor argentino Luis Ortega, chega aos cinemas nesta quinta-feira (18) e destaca a face menos estereotipada e mais chocante da perversidade, baseada em um dos assassinos mais cruéis da história da Argentina.

Leia um trecho da nossa crítica:

Aqui, Luis Ortega aborda o submundo do crime com naturalidade, jovialidade e beleza, evitando quase que totalmente o macabro e o peso da moralidade típicos do subgênero (o que é um bocado chocante e desconcertante às vezes). Além disso, o longa não se limita a mostrar os crimes cometidos por um assassino em série na década de 70, mas também racionaliza questões referentes à identidade, sexualidade e as relações de companheirismo e amizade que Carlos tem com Ramón. Sentir empatia e logo em seguida total terror e asco pelo assassino é uma constante do longa, que oferece um protagonista cheio de camadas a serem questionadas.

PARA CONFERIR A CRÍTICA COMPLETA CLIQUE AQUI


Deixe seu comentário
comments powered by Disqus