Diretor explica motivo para adiamento de X-Men: Fênix Negra

O longa será lançado em 7 de junho de 2019

03/10/2018 10h04

Semana passada, após a divulgação de trailer e pôster, os fãs foram pegos de surpresa com a informação de que X-men: Fênix Negra foi novamente adiado e, desta vez, para junho de 2019.

O diretor Simon Kinberg concedeu uma entrevista ao Collider e explicou o motivo sobre a mudança da data.

"Alguns trailers mostravam 'Em breve', enquanto outros traziam o dia '14 de fevereiro'. Essa era a data que a gente queria inicialmente, mas percebemos que não teríamos os efeitos visuais prontos para o lançamento global do jeito que gostaríamos. A data de Gambit ficou aberta, porque o filme não ficaria pronto até 7 de junho e aí comparamos os lançamentos. Analisamos as datas e percemos que junho era uma oportunidade maior para nós globalmente. Mais telas, mais salas IMAX, maior chance de exibição na China, onde esses filmes têm muitos fãs. Quando lançamos o trailer, descobrimos que 44/45 milhões de visualizações vieram da China...".

Conforme sinopse oficial, "Em X-Men: Fênix Negra, os X-Men enfrentam seu inimigo mais formidável e poderoso: um deles, Jean Grey. Durante uma missão de resgate no espaço, Jean é quase morta quando é atingida por uma misteriosa força cósmica. Quando ela volta para casa, essa força não só a torna infinitamente mais poderosa, mas muito mais instável. Lutando com essa entidade dentro dela, Jean desencadeia seus poderes de maneiras que ela não pode compreender nem conter. Com Jean fora de controle, e ferindo aqueles que ela mais ama, ela começa a desvendar a linha que mantém os X-Men juntos. Agora, com esta família desmoronando, eles devem encontrar uma maneira de se unir, não apenas para salvar a alma de Jean, mas para salvar nosso próprio planeta de alienígenas que desejam se armar com essa força e governar a galáxia".

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus