Disney e Marvel boicotam projeto de lei anti-gay da Geórgia

Estado é muito procurado como locação graças aos incentivos fiscais

24/03/2016 18h40

Por Iara Vasconcelos

Hollywood se uniu para uma boa causa. Empresas como Disney, Viacom, AMC, Starz, 21st Century Fox, Lions Gate Entertainment e Weinstein Company pretendem boicotar um projeto de lei que representa um retrocesso para os direitos homossexuais.

Se assinada pelo governador da Geórgia, Nathan Deal, o projeto de lei "HB 757" vai permitir que líderes religiosos e empresários se neguem a empregar ou aceitar clientes homossexuais em seus estabelecimentos se caso isso vá contra suas crenças pessoais. Hollywood está muito investido nessa causa porque o estado é um dos principais destinos de locação por conta de seus incentivos fiscais.

A Disney e a Marvel andam lado a lado. Nós tivemos boas experiências lá na Geórgia, mas agora vamos gravar os filmes para outra localização que não permita práticas discriminatórias se transformem em lei estatal", disse o porta-voz da Disney ao Deadline.

Google, PayPal, Synovus, Intel e Hilton Worldwide foram outras empresas que também prometem boicotar a cidade se a lei for aprovada.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus