Doraemon: anime inédito é exibido na Cinemateca Brasileira

28/02/2009 12h32

Para os fãs de animação japonesa uma ótima dica para o fim de semana. Doraemon: o Dinossauro de Nobita 2006, inédito no circuito comercial brasileiro, será exibido neste sábado e domingo (28/02 e 1º/03), na Cinemateca Brasileira.

Os principais personagens do anime são o gato-robô Doraemon e o garotinho Nobita. Nas histórias, Nobita se mete em uma série de encrencas e é ajudado por Doraemon e seu bolso infinito, recheado de apetrechos mirabolantes.

O longa é uma refilmagem da primeira versão do anime para os cinemas, lançada em 1980. Na história, o garoto Nobita encontra um ovo de dinossauro e resolve criar o filhote com todo carinho. Mas Piisuke cresce, então com a ajuda de uma máquina do tempo, Nobita tenta mandá-lo para p período Cretáceo. Um problema na engenhoca faz o dinossauro parar nos Estados Unidos. A partir daí, Nobita e seus amigos iniciam uma longa e perigosa viagem...

É uma pena que o filme será exibido somente com legendas em espanhol, em DVD.

Embaixador japonês

Doraemon nasceu no final de 1969, criado pela dupla de cartunistas Fujimoto Hiroshi e Abiko Motoo, que assinavam como Fujiko Fujio. A série de mangá logo se transformou em anime de sucesso na televisão, com 1.049 episódios, estreou em 1973 e teve seu último capítulo exibido em abril de 2005.

A maioria dos episódios de Doraemon são comédias com lições morais a respeito dos valores tais como a honestidade, a perseverança, a coragem, a família e o respeito para pessoas idosas. Diversas questões meio-ambientais são notáveis, como espécies em vias de extinção, o desflorestamento e a poluição.

Considerado um ícone, Doraemon foi eleito em março de 2008, pelo Ministério Estrangeiro do Japão, como o "primeiro anime embaixador" do país.


Doraemon: o Dinossauro de Nobita 2006
Sábado (28/02): às 18h
Domingo (1º/03): às 16h
Cinemateca Brasileira
Largo Senador Raul Cardoso, 207 - Vila Clementino, São Paulo
Outras informações: (11) 3512-6111 (ramal 215)
Entrada franca

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus