Doutor Estranho: Roteirista fala sobre a escolha de Tilda Swinton para viver Ancião

Filme estreia em 03 de novembro

25/04/2016 11h18

Alguns filmes vem sendo criticados por escolher atores que estão longe de serem da mesma etnia que os personagens das obras originais. Casos como o de Zoe Saldana para viver Nina Simone e de Scarlett Johansson em O Fantasma Do Futuro são alguns exemplos da polêmica. No entanto, nem Doutor Estranho se livrou disso. A escolha de Tilda Swinton para interpretar o Ancião no longa também deu o que falar. Mas, segundo o roteirista da produção, C. Robert Cargill, a decisão foi proposital.

Segundo uma declaração divulgada pelo International Business Time, a escolha foi feita para evitar um confronto com a China. "Ele é originário do Tibete, por isso, se você reconhece que o Tibete é um país e que ele é tibetana, corre o risco de alienar um bilhão de pessoas que não reconhecem isso e o risco de o governo chinês dizer, 'Ei, você sabe somos um dos países com maior número de frequentadores de cinema do mundo? Nós não vamos aceitar o seu filme porque você decidiu tratar de política'", explica.

Da mesma forma, Cargill disse que não fazia sentido optar por uma atriz chinesa, já que isso também iria contra a origem do personagem nos quadrinhos. O filme é baseado no personagem criado por Stan LeeSteve Ditko e estreia em 03 de novembro.

Veja o primeiro trailer do longa:

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus