Elke Maravilha morre aos 71 anos

Ela estava internada desde o dia 20 de junho no Rio de Janeiro

16/08/2016 08h51

Por Daniel Reininger

A atriz Elke Maravilha morreu aos 71 anos no Rio de Janeiro, no início da madrugada desta terça-feira (16). Seu irmão, Frederico, disse que ela foi operada de úlcera e ficou em coma induzido, mas faleceu por volta da 1h da madrugada.

Elke estava internada na Casa de Saúde Pinheiro Machado, em Laranjeiras, desde o dia 20 de junho. Antes da internação, a atriz vinha se apresentando pelo país com o espetáculo Elke canta e conta, no qual revivia momentos de sua vida.

Nascida na Rússia, em 1945, Elke chegou ao Brasil ainda criança com os pais e foi morar em Minas Gerais. Aos 24 anos, começou como modelo e manequim e na televisão estreou em Discoteca do Chacrinha, antes de fazer novelas, filmes e teatro, além de ser expoente do Movimento de Arte Pornô. Ela chegou a trabalhar em diversas áreas, inclusive como tradutora e professora. Ela alcançou mesmo a fama ao participar como jurada de programas de calouros de Chacrinha e Silvio Santos.

Nas telonas, participou de produções como Gente Que Transa, Xica Da Silva, Tenda Dos Milagres, Zuzu Angel, Xuxa Requebra, Meu Passado Me Condena. Sua última participação nos cinemas foi como a mãe do vilão Gonzales em Carrossel 2 - O Sumiço De Maria Joaquina.

Durante o regime militar, foi presa por desacato e foi libertada por intermédio de Zuzu Angel, estilista de quem era amiga, que enviou um delegado para tirá-la da prisão.

Em seu perfil no Facebook, a seguinte mensagem foi postada:

"Avisamos que nossa Elke já não esta por aqui, conosco. Como ela mesma dizia, foi brincar de outra coisa. Que todos os deuses, que ela tanto amava, estejam com ela nessa viagem. 'Eros anikate mahan' (O amor é invencível nas batalhas). Crianças: conviver é o grande barato da vida,aproveitem e convivam'".

A família ainda não definiu data e local do velório e sepultamento.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus