Entenda porque atrizes pornô ganham mais do que os homens para atuar na indústria

Preconceito e desgaste físico são alguns dos motivos

21/02/2018 16h07

Por Thamires Viana

Em muitas profissões, as mulheres são desfavorecidas quando o assunto é salário, e de acordo com uma pesquisa do IBGE, algumas chegam a ganhar até 30% a menos do que os homens. A grande exceção fica na indústria pornográfica, onde as mulheres lideram com cachês mais altos. (via G1)

+ Por que o salário das mulheres ainda é menor em Hollywood?

Alguns dos motivos para essa diferença está na grande exposição das mulheres nas cenas, com closes constantes, preconceito sofrido pelas atrizes devido à sociedade machista, público predominantemente masculino e o desgaste físico nas cenas.

A atriz Angel Lima, ganhadora do Prêmio Sexy Hot, falou a publicação sobre o assunto: "A mulher também carrega um fardo maior, principalmente aqui no Brasil. Então, acho justo uma atriz ser melhor remunerada do que o ator".

+ Atrizes e atores do pornô que foram parar em Hollywood

"A mulher tem que fazer várias coisas incluindo sexo oral, vaginal, anal... Então, o desgaste é muito maior, tanto de imagem quanto físico. Isso é aqui no Brasil e lá fora também. É um meio de o mercado manter as coisas equilibradas pela exposição", afirma Mayanna Rodrigues que trabalha na indústria desde 2005.

Kid Bengala, um dos grandes nomes do cinema pornô, acha injusta a diferença de cachês recebidos pelos atores. "Acho injusto a mulher ganhar mais. Há dificuldade de o homem ter uma ereção em frente às câmeras. Para as mulheres, é só se liberarem, se descontraírem. Entre uma descontração e uma ereção, a dificuldade da ereção é muito maior", afirma o ator de 63 anos.

O dono da produtora Brasileirinhas, Clayton Nunes, conta que as mulheres em média ganham de R$ 3 a R$ 5 mil por suas cenas de sexo enquanto os atores tiram em média R$ 500 pela diária. "Realizar um filme custa em média R$ 25 mil, e o gasto com os cachês custa mais ou menos a metade", afirma o produtor. 

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus