Entrevista: Rebecca Ferguson faz revelações sobre Doutor Sono

Sequência de O Iluminado é destaque da semana

07/11/2019 18h54

Por Daniel Reininger

O Iluminado é um clássico da sétima arte e Doutor Sono chega para contar o que aconteceu com o garotinho Danny quase 40 anos depois dos eventos terríveis no Hotel Overlook. Dessa vez, o homem precisa enfrentar um grupo de seres pdoerosos que se alimentam de pessoas que possuem dons como o dele. E a líder desse grupo é Rose Cartola, vivida por Rebecca Ferguson. E claro, quisemos saber mais sobre a atriz e sua personagem. 

CONFIRA A ENTREVISTA EXCLUSIVA:

CINECLICK: O que a atraiu para este projeto?

REBECCA FERGUSON: Me pediram para conhecer Mike Flanagan por Skype, sentar e conversar sobre um livro de Stephen King que eles iam adaptar para o cinema... continuação de O Iluminado. E pensei: "Bem, isso é grande e assustador". Eu não tinha certeza de que conseguiria o papel. Então, eu fiquei bastante calma - joguei muitas ideias, fiquei bastante animada - e pensei: "Bem, foi uma reunião divertida". E é isso. Eles ligaram no dia seguinte e disseram que eu tinha conseguido o papel. Foi inebriante e, além do mais, é Stephen King!

CINECLICK: Fale sobre Rose Cartola.

REBECCA FERGUSON: É a líder de uma gangue que se autodenomina Verdadeiro Nó, inspirado na citação "O que está amarrado nunca pode ser desatado". Eles são párias, procurando por seres poderosos que possuem esse vapor, elemento que tiram daqueles que tem o dom psíquico e usam como alimento. Na verdade, eles o inalam para ter vida eterna. Rose é a mais forte, mais sábia e quem lutou mais para estar viva. Ela não é apenas uma antagonista da história, porque ela realmente faz tudo o que faz - o que, obviamente, tem consequências terríveis - por amor ao seu grupo. Eu acho que isso a torna muito interessante. Eu também acho que o fato de o Verdadeiro Nó não ser imortal torna-o mais interessante. Com essas pessoas, elas realmente têm um limite de tempo, elas morrerão, apenas levarão mais tempo, o que as torna humanas - elas precisam se alimentar para viver.

Para viver Rose, eu trabalhei em como incorporar uma personagem muito, muito velha de forma natural. Ela passou por sociedades nas quais as mulheres não tinham direitos e viveu muita coisa. Agora, ela está acima de tudo isso. Existe essa reserva de energia para essa personagem. Ao passar do ponto A para o ponto B, ela seguirá o caminho mais curto. Se houver um sofá no caminho, ela passará por cima dele, porque sua necessidade não conhece obstáculos, sejam eles quais forem. Ela está procurando esse vapor, que representa sobrevivência. Então, ela se apega ao que ela acredita ser a fonte de todo o seu poder - esse enigma, essa garota Abra, essa criatura que tem muito do que ela quer e todo o seu ser foca nessa única coisa.

CINECLICK: Então a garota Abra é mais do que comida?

REBECCA FERGUSON: Oh meu Deus. Abra é tudo para ela. Abra, como se diz, é sua baleia, sua vida, sua existência. Essa garota representa tanta comida e a fonte ideal para a vida prolongada do grupo... não apenas para ela. O bonito é que ela será capaz de alimentar seus filhos, seu grupo, com a força dessa garota.

Doutor Sono esté em cartaz.

Veja o trailer:

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus