Espectadores mirins são alvo de Xuxa

22/12/2005 16h47

Filmes protagonizados pela apresentadora Xuxa costumam ser uma unanimidade entre os críticos: enquanto são bem-aceitos pelo o público - vide a bilheteria que suas produções costumam fazer -, são enxovalhados pela crítica. Este foi o principal ponto de discussão da coletiva de imprensa sobre Xuxinha e Guto Contra os Monstros do Espaço, realizada no Mundo da Xuxa, parque temático em São Paulo. O evento contou com a presença da apresentadora (como sempre, acompanhada de crianças), além de representantes da Globo Filmes, Warner Bros., o diretor da animação Clewerson Saremba, o produtor Diler Trindade, o roteirista Flávio de Souza e o ator mirim Pedro Malta, para quem Xuxa conta a história que se passa no filme, que demorou um ano para ficar pronto. Trata-se, portanto, de uma mistura de desenho animado e cenas live action (com interpretação de atores).

Aparentemente, os produtores de Xuxinha e Guto Contra os Monstros do Espaço não ligam para o fato da crítica não apreciar os filmes da apresentadora. "Não ligo para críticas negativas, só me importo se as crianças não gostam do que faço", diz Xuxa. "Enquanto as crianças continuarem gostando do meu trabalho, continuarei", explica. "O filme não é dirigido à crítica, mas sim às crianças. Está mais do que provado que o público aceita melhor os filmes da Xuxa. A questão da qualidade é relativa, nos importa se o público é atingido", complementa Diler Trindade, fundador da produtora Diler & Associados, uma das mais ativas no cinema brasileiro atual.

O público-alvo de Xuxinha e Guto Contra os Monstros do Espaço é o infantil. De acordo com a apresentadora, no Brasil não se faz cinema para os "baixinhos": "Somente eu e o Renato (Aragão) fazemos cinema infantil no Brasil", afirmou a apresentadora, esquecendo-se de produções como Tainá. Xuxa também acha importante passar mensagens politicamente corretas em seus filmes. "Não quero que os pais se envergonhem ao levar seus filhos ao cinema", pondera. "Não nos preocupamos em ser educacionais, isso é para a escola. Nossos filmes têm de ser como a hora do recreio", completa.

Grande parte do orçamento de Xuxinha e Guto Contra os Monstros do Espaço, que custou R$ 6 milhões, foi bancado pela própria apresentadora, que se orgulha do pólo de animação criado para esta produção. O diretor Clewerson Saremba explica que o longa foi desenhado e animado completamente no computador. "O processo de animação foi baseado no dos estúdios convencionais. A diferença foi trocar o papel pelo computador na hora de desenhar", completa. Diler Trindade acredita que esta produção será um verdadeiro marco no cinema brasileiro: "Uma grande porta para a animação será aberta com Xuxinha e Guto Contra os Monstros do Espaço. Com a abertura de mais salas, podemos desenvolver isso melhor."

Diler Trindade espera um milhão de espectadores para Xuxinha e Guto Contra os Monstros do Espaço, que estréia no dia 25 de dezembro em mais de 150 salas no Brasil inteiro.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus