Festival de Cannes: Evento começa com segurança reforçada e brasileiro na disputa

Café Society, drama de Woody Allen, abrirá a mostra

11/05/2016 10h57

Por Iara Vasconcelos

A 69º edição do Festival de Cannes começa nesta quarta-feira (11). A cerimônia de abertura no Palais des Festivals, sede do evento, contará com a exibição de Café Society, novo drama de Woody Allen estrelado por Kristen Stewart e Jesse Eisenberg.

Com cartaz homenageando o cineasta francês Jean-Luc Godard, com uma imagem de "O Desprezo" (1963) estampada, o evento desse ano terá segurança reforçada para evitar ameaças terroristas, como a que esvaziou a sede oficial na última terça-feira (10), e não atrapalhar a tradicional festa, que terá destaques do cinema do mundo todo.

Destaques

O evento também marca o retorno do Brasil à disputa da Palma de Ouro, com Aquarius, filme do diretor Kleber Mendonça Filho. Concorrendo ao seu lado estão Julieta, de Pedro Almodóvar, Personal Shopper, de Olivier Assayas e Juste la fin de Monde de Xavier Dolan.

Julietta

O drama de Almodóvar, responsável por clássicos como Mulheres À Beira De Um Ataque De Nervos, Tudo Sobre Minha Mãe e Volver, narra a vida de uma mulher que fica à beira da loucura após perceber que sua vida agitada e festeira mudou completamente a medida em que ela envelheceu. Esses 30 anos de história são retratados com muita sensibilidade pelo cineasta, que tenta vencer a Palma de Ouro pela quinta vez.

Personal Shopper traz Kristen Stewart no papel de uma jovem americana que mora em Paris e trabalha como "personal shopper", uma espécie de compradora profissional, para uma famosa artista. Mas a garota manifesta dons sobrenaturais que a permitem conversar com o mundo dos mortos.

O canadense Xavier Dolan apresenta no evento o drama Juste la fin de Monde, em que retrata o reencontro do escritor Louis (Gaspard Ulliel) com seu passado após passar doze anos longe de casa.

O festival ainda conta com reincidentes, como é o caso dos irmãos Luc e Jean-Pierre Dardenne, que já venceram a Palma de Ouro por duas vezes e agora retornam à competição com La fille inconnue, drama sobre uma médica que nega atendimento a uma garota, que é encontrada morta logo depois. Acometida pela culpa, ela tenta a todo custo descobrir a identidade da garota e localizar sua família.

Se tem algum nome que seja sinônimo de esperança, esse é o do americano Jim Jarmusch, que já está em sua décima tentativa com Paterson, que traz Adam Driver, o Kylo Ren de Star Wars: O Despertar Da Força, na pele de um motorista de ônibus que gosta de escrever poesias.

O grande vencedor da Palma de Ouro será escolhido após o veredito do júri, liderado por George Miller (Mad Max: Estrada Da Fúria) e composto por mais quatro homens e quatro mulheres.

A competição também contará com "I, Daniel Blake", de Ken Loach, "Toni Erdmann", de Maren Ade, "Ma'Rosa", de Brillante Mendoza, e "The last face", do americano Sean Penn.

Homenagens

A edição desse ano também contará com uma homenagem ao veterano Robert De Niro, por sua brilhante trajetória no cinema, que inclui sete indicações ao Oscar e duas estatuetas, por Touro Indomável e O Poderoso Chefão II.

Hands of Stone

A exibição do drama Hands of Stone, seu mais novo trabalho, foi confirmada fora da categoria competitiva. O filme traz De Niro na pele de um treinador de boxe e acompanha a trajetória do lutador panamenho Robert Duran (Edgar Ramirez), entre as décadas de 70 e 80. A atuação de Niro pode garantir uma indicação ao Oscar para seu já consagrado currículo.

Fora da categoria competitiva também se destacam Jogo do Dinheiro, de Jodie Foster, O Bom Gigante Amigo, de Steven Spielberg, "La forêt de Quinconces", de Grègoire Leprince-Ringuet e "Gimme Danger", documentário sobre os Stooges.

Festival de Cannes acontece até dia 22 e, pela primeira vez, terá o vencedor da Palma de Ouro como filme de encerramento. 

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus