Festival do Rio 2013: De Menor e O Lobo Atrás da Porta dividem prêmio

Pela primeira vez, o prêmio de melhor filme de ficção foi dividido por dois longas

11/10/2013 10h09

Por Daniel Reininger

Na noite desta quinta-feira (10), foram escolhidos os vencedores do Festival do Rio 2013. E pela primeira vez, o prêmio de melhor filme de ficção foi dividido por dois longas: De Menor, da diretora Caru Alves, e O Lobo Atrás Da Porta, de Fernando Coimbra.

O longa-metragem Tatuagem, de Hilton Lacerda, foi consagrado e levou cinco prêmios, incluindo melhor filme pelo voto popular, além de ter seus atores, Jesuíta Barbosa e Rodrigo Garcia, escolhidos como os melhores em suas categorias.

Leandra Leal foi consagrada como a melhor atriz por seu trabalho em O Lobo Atrás da Porta.

Confira a lista completa dos vencedores:

Melhor filme (júri oficial)
De Menor, de Caru Alves de Souza, e O Lobo Atrás Da Porta, de Fernando Coimbra

Melhor filme (voto popular)
Tatuagem, de Hilton Lacerda

Melhor documentário (júri oficial)
Histórias De Arcanjo - Um Documentário Sobre Tim Lopes, de Guilherme Azevedo

Melhor documentário (voto popular)
Fla X Flu, de Renato Terra

Prêmio especial do júri (ficção)
Tatuagem, de Hilton Lacerda

Prêmio especial do júri (documentário)
A Farra do Circo, de Roberto Berliner e Pedro Bronz

Menção honrosa do júri (documentário)
Cativas - Presas Pelo Coração
, de Joana Nin, e Damas Do Samba, de Susanna Lira

Melhor diretor
Cao Guimarães e Marcelo Gomes por O Homem Das Multidões

Melhor ator
Jesuíta Barbosa em Tatuagem

Melhor atriz
Leandra Leal em O Lobo Atrás Da Porta

Melhor ator coadjuvante
Rodrigo García em Tatuagem

Melhor atriz coadjuvante
Martha Nowill em Entre Nós

Menção honrosa do júri (ator)
Francisco Gaspar em A Estrada 47

Menção honrosa do júri (ator coadjuvante)
Silvio Guindane em Jogo Das Decapitações e Julio Andrade em Entre Nós

Melhor roteiro
Paulo Morelli por Entre Nós

Melhor fotografia
Pedro Urano por Quase Samba

Melhor montagem
Mair Tavares por A Estrada 47

Melhor curta-metragem (júri oficial)
Contratempo, de Bruno Jorge

Melhor curta-metragem (voto popular)
Jessy, de Paula Lice, Rodrigo Luna e Ronei Jorge

Prêmio da Federação Internacional dos Críticos de Cinema (Fipresci)
Tatuagem, de Hilton Lacerda

Mostra Novos Rumos

Melhor filme
Tão Longe É Aqui, de Eliza Capai

Menção honrosa do júri (longa)
O Menino e o Mundo, de Alê Abreu

Melhor curta
Todos Esses Dias em que Sou Estrangeiro, de Eduardo Morotó

Menção honrosa do júri (curta)
Lição de Esqui, de Leonardo Mouramateus e Samuel Brasileiro

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus