Filho de Gary Oldman defende o pai das acusações de violência doméstica

Caso aconteceu em 2001, mas voltou à tona após vitória do ator no Oscar

07/03/2018 14h52

Por Iara Vasconcelos

Gulliver Oldman, filho do ator Gary Oldman, divulgou carta aberta onde defende o pai das acusações de violência doméstica. O caso teria ocorrido em 2001, mas voltou à tona após a vitória do ator no Oscar 2018.

Donya Fiorentino, ex-mulher de Oldman, criticou a Academia por ter premiado seu ex-marido e também o jogador Kobe Bryant, que levou a estatueta pelo curta Dear Basketball: "Vocês deram a vitória a dois abusadores". 

Fiorentino denunciou o ator afirmando que ele a agrediu com um telefone na frente dos filhos pequenos do casal. Entretanto, Gulliver saiu em defesa do pai e afirmou que ele é inocente.

"Ele não tem nenhuma culpa. Infelizmente, essa história foi revisitada pela minha mãe recentemente, mas tudo isso foi desacreditado e dado como falso anos atrás. Essa agonia deveria ter acabado há 16 anos", lamentou.

Oldman venceu a estatueta de "melhor ator" por sua interpretação do primeiro-ministro Winston Churchill em O Destino De Uma Nação. + Relembre os vencedores do Oscar 2018

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus