Game of Thrones: Série pode ser afetada pela saída do Reino Unido da União Europeia

Reino Unido não deve mais receber os incetivos do fundo Media Program

24/06/2016 15h56

Por Iara Vasconcelos

Parece que a decisão do Reino Unido de abandonar a União Europeia (UE) pode afetar até os programas de TV. Com a saída dos britânicos do bloco europeu, analistas acreditam que a produção de filmes e séries podem sofrer consequências nada amigáveis.

Veículos internacionais como a "Variety" e o "Hollywood Reporter" afirmam que após a decisão o Reino Unido pode não receber mais os incetivos do Media Program, fundo criado pela UE para promover o setor de entretenimento e mídia digital. Segundo a "Hollywood Reporter", entre 2007 e 2015, cerca de US$ 180 milhões foram fornecidos para a realização de produções britânicas. Não é difícil entender como isso afetará negativamente a indústria, bem como o financiamento e distribuição de novos projetos. Caso a libra, a moeda britânica, seja desvalorizada, também será mais difícil adquirir os direitos de produções estrangeiras. Entretanto, o Reino Unido será visto como uma locação mais barata frente outros países europeus.

Para se ter uma noção, até a série "Game of Thrones", da HBO, pode ser atingida pela vitória do "Brexit". Pete Chase, membro sênior do German Marshall Fund of the United States, que une produções os Estados Unidos e da Europa, explicou para revista "Foreign Policy" a lógica do impacto: "Há programas criados pela UE que ajudam a financiar tudo isso. Se o Reino Unido já não faz mais parte da UE, isso pode acabar".

Agora resta esperar os desdobramentos das negociações entre as duas partes, que tem prazo máximo de conclusão de dois anos. Vale lembrar que até então nenhum país tinha deixado a UE e o Reino Unido só poderá retornar ao bloco com o aval unânime de todos os outros países-membros.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus