Ghost in the Shell: Longa pode ter prejuízo de US$ 60 milhões

Filme teve orçamento de US$ 250 milhões

06/04/2017 15h24

Por Iara Vasconcelos

A Vigilante Do Amanhã: Ghost In The Shell não teve o desempenho esperado nas bilheterias. Segundo previsões de especialistas, o filme pode render um prejuízo de US$ 60 milhões para a Paramount.

A produção contou com um orçamento de US$ 110 milhões, e se somarmos a campanha de marketing pode chegar aos US$ 250 milhões, mas não deve passar dos US$ 200 milhões em bilheteria.

Para o estúdio, a polêmica acusação de "white washing" - termo que se refere ao embranquecimento de personagens - atrapalhou a aceitação do público.

"Você tem um filme baseado em uma animação japonesa e com muitos fãs. Então você tenta achar um equilibrio ideal entre a fidelidade ao original e algo que apele às massas, que ainda não conhecem o anime. É desafiador, mas fica claro que as críticas não estão ajudando. Acredito que essa polêmica sobre a escolha do elenco não contribuiu muito positivamente", disse Kyle Davies, o líder de distribuição da Paramount.

Baseada no mangá conhecido no Brasil como Fantasma do Futuro, criado por Masamune Shirow, a trama é centrada na equipe da Comissão Nacional Japonesa de Segurança Pública, Seção 9, e acompanha uma policial cibernética, que comanda um esquadrão de elite e luta para levar justiça para as ruas de sua cidade. O mangá é famoso por abordar temas como inteligência artificial e consequências sociais derivadas do crescimento da tecnologia.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus