Goosebumps: No Brasil, Jack Black diz querer resgatar espírito dos anos 80

Ator falou com a imprensa no Hotel Hilton, na Zona Sul de São Paulo

20/10/2015 15h56

Por Daniel Reininger

Jack Black (Escola De Rock) falou sobre o filme Goosebumps - Monstros E Arrepios, adaptação da série de livros de terror voltada para o público infanto-juvenil escrita por R.L. Stine, durante entrevista coletiva nesta terça-feira (19), no Hotel Hilton Morumbi, Zona Sul de São Paulo. Entre elogios aos companheiros de elenco e imitação da voz do personagem Slappy, o ator falou sobre como foi viver o escritor e ainda revelou que seu filme de monstro favorito é Alien, O Oitavo Passageiro.

Embora seu filme favorito de monstros seja um terror para adultos, ele diz que Goosebumps lembra clássicos dos anos 80. "Hoje em dia há poucos filmes infantis que emocionam, divertem e assustam ao mesmo tempo", disse. "Queríamos resgatar o espírito de filmes dos anos 80, como Os GooniesE.T. - O Extraterrestre, Os Caça-fantasmas e  Deu A Louca Nos Monstros", enumerou Black.

O ator chegou para a entrevista vestindo uma camiseta estampada com um cão rottweiler, contando que "perdeu a bagagem" durante a viagem para o Brasil. Sobre o filme, uma aventura protagonizada por um grupo de crianças, na qual ele interpreta um escritor de contos de terror que ajuda os meninos a enfrentarem as criaturas monstruosas que saem de seus livros, revelou: "São as crianças que dão vida ao filme. Se a história de amor dos jovens não funcionasse, o filme não daria certo. Eles são ótimos atores", elogiou o comediante.

Goosebumps

Sobre as filmagens, revelou se inspirar num personagem clássico do cinema para viver o sinistro R.L. Stine. "Nos intervalos das filmagens, enquanto os meninos brincavam, eu me trancava no camarim para estudar Cidadão Kane e Orson Welles, que me inspirou na criação do meu personagem", revela, depois de explicar que não procurou fazer uma imitação real do autor e sim dar um ar esquisito e dramático a ele.

Sucesso

Goosebumps foi a estreia mais bem-sucedida da semana passada nos EUA, acumulando mais de US$ 20 milhões em bilheteria e, por isso, pode ter uma sequênca. Só que, para Black, o filme não deveria ganhar continuações. "Vai ser difícil fazer Goosebumps 2 porque já usamos todos os monstros. Alguém errou feio na ideia. (Risos), é como começar pelo filme dos Vingadores e depois contar as historias individuais. Então acho que seria mais interessante fazer um filme em que R.L. Stine lutasse contra J.K. Rowling", brincou o humorista, em referência aos criadores de Goosebumps e Harry Potter.

O bom resultado nos cinemas se deve ao fato de ser "uma diversão voltada para a família, mas é também um filme de monstros", explicou o ator, que espera atrair fãs dos livros, além de um novo público. Inclusive, ele mesmo admitiu não conhecer a franquia até então, "Eu não conhecia a série de livros em que o filme se inspirou. Nos anos 90, estava ouvindo Nirvana na faculdade", disse Black, que completou: "Mas quem gosta de monstros vai gostar de Goosebumps".

Perguntado então sobre o que ele gostava do gênero, revelou: "Meu filme de monstro favorito é o primeiro Alien. Assisti muito pequeno e me traumatizou um pouco. Aquela boca dentro da boca... é horrível! Não consegui dormir por semanas, mas depois passei a admirar a obra", disse o ator, em referência ao clássico da ficção científica dirigido por Ridley Scott.

Televisão

Black, que está na série The Brink da HBO, comparou suas obras mais recentes. "Goosebumps tem comédia e terror, The Brink tem comédia e política, mas ambos são combinações de gêneros" e disse ainda: "É ótimo voltar a trabalhar com Tim Robbins, ele me deu a primeira oportunidade no cinema, e estar na TV é demais. Todas as coisas legais estão na TV atualmente: Breaking Bad, House of Cards, Fargo, True Detective - a primeira temporada apenas (risos) -  e aquele com os dragões", fazendo referência a Game of Thrones.

Ele também comentou sobre a facilidade de fazer TV em comparação ao cinema. "Trabalhar em séries é ótimo, pois para filmar eu fico em Los Angeles o tempo todo, embora na TV pareça que eu esteja no Afeganistão. O melhor é que de noite posso voltar pra casa e jantar com a família. No cinema, normalmente, estamos em cidades distantes, onde os impostos são mais baixos, como Atlanta, Geórgia, e enquanto filmamos ficamos tempo demais longe de casa", explica.

Goosebumps - Monstros e Arrepios estreia na próxima quinta-feira, 22, veja fotos do evento e assista ao trailer do filme:

Jack Black em coletiva
Jack Black em coletiva em São Paulo
Jack Black em coletiva em São Paulo
Jack Black em coletiva em São Paulo


GOOSEBUMPS - MONSTROS E ARREPIOS por cineclick

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus