Guerra Infinita: Chris Evans pode abandonar escudo do Capitão América após o filme

Ator assinou contrato para seis filmes

15/03/2017 17h48

Por Iara Vasconcelos

Chris Evans imortalizou a figura de Capitão América no universo cinematográfico da Marvel. Entretanto, assim como Hugh Jackman fez com Logan, o ator pode estar de prestes a se despedir do personagem.

Evans foi o destaque de uma entrevista na revista Esquire e o texto que acompanha suas falas deixou claro que o contrato do ator acabará após Vingadores: Guerra Infinita - Parte II, em 2019, e provavelmente não será renovado.

"Sentado no sofá, Evans geme. Ele nos explica que sente dores no corpo pois começou seu treinamento para os próximos filmes recentemente. Os longas serão filmados simultaneamente e as gravações começam em abril. Após isso, nada de traje vermelho, branco e azul para o astro de 35 anos. Nessa altura, ele terá cumprido seu contrato".

"Em 2010, a Marvel ofereceu a Evans um contrato de nove filmes, mas ele se recusou a assinar para mais de seis. 'Levo cerca de cinco meses para gravar um desses filmes e somando isso ao tempo de divulgação de cada um, é muito trabalhoso'. Evans sabia que não teria tempo para outros projetos enquanto estivesse a serviço do Capitão. Ele sempre quis fazer outros personagens, dirigir filmes, fazer coisas diferentes", completou a publicação.

Vingadores 3: Guerra Infinita - Parte I e Vingadores: Guerra Infinita - Parte II combinados custarão cerca de US$ 1 bilhão. A primeira parte deve chegar aos cinemas em 2018.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus