Harry Potter: J.K. Rowling divulga quarta parte do conto da História da Magia na América do Norte

Conto será dividido em quatro partes

08/03/2016 15h14 (Atualizado em 11/03/2016 13h02)

Por Iara Vasconcelos

[Atualizado 11/3] Foi divulgado mais um conto, traduzido para português, de Magia na América do Norte. A história apresenta Seraphina Picquery, presidente do Macusa, e revela mais sobre o papel dos feiticeiros na Primeira Guerra Mundial. Confira aqui a quarta parte, a terceira e a segunda.

Quem acreditava que Harry Potter E As Relíquias Da Morte - Parte II marcaria o fim do universo do bruxinho, se enganou e muito. Além do derivado Animais Fantásticos E Onde Habitam, uma peça teatral e de mais um livro prestes a ser lançado, a escritora J.K. Rowling acaba de divulgar a primeira parte da série de contos intitulada Magic in North America.

A história explica as raízes da magia norte-americana entre os séculos XIV e XVII. A série ainda vai explorar mais algumas das lendas e subtramas que ajudam a formar o universo do derivado. O conto pode ser conferido na íntegra, e em português, no site Pottermore.

Ao longo da semana serão divulgados mais três capítulos do conto. São eles: Século XVII em diante, A Lei de Rappaport e Feitiçaria na América dos Anos 1920. Eles serão publicados entre esta terça (08) e a próxima sexta-feira (11), às 11h no horário de Brasília no próprio Pottermore. Então fique ligado!

Recentemente, Rowling confirmou que Animais Fantásticos E Onde Habitam será dividido em três partes. A primeira chegará aos cinemas em 17 de novembro de 2016 e terá Eddie Redmayne no papel de Newt Scamander.

A trama contará a história do magizoologista, recém chegado em Nova York e sempre acompanhado de sua maleta, um objeto mágico onde ele carrega uma coleção de fantásticos animais do mundo da magia que coletou ao longo de suas viagens. Entretanto, algumas criaturas acabam fugindo e ele precisará coletá-las sem que os trouxas percebam.

Confira o trailer de anúncio do filme:

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus