Harvey Weinstein faz acordo após denúncias de assédio sexual

Acordo proposto não afeta o caso criminal contra Weinstein, no qual ele é acusado de estupro

24/05/2019 12h28

Por Daniel Reininger

Harvey Weinstein está prestes a se livrar das acusações de assédio com um acordo com as mulheres que o acusaram de abuso sexual, os ex-membros do conselho de sua produtora e a Procuradoria-Geral de Nova York. O valor do pré acordo é de US$ 44 milhões e vai encerrar os processos, segundo o Wall Street Journal.

De acordo com o WSJ, o acordo proposto não afeta o caso criminal contra Weinstein, no qual ele é acusado de estupro e outros crimes relacionados. O julgamento acontece em Nova York em setembro.

Weinstein é conhecido por filmes como Shakespeare Apaixonado e Pulp Fiction - Tempo De Violência. Ele foi acusado por mais de 70 mulheres, na maioria jovens atrizes e trabalhadoras da indústria cinematográfica.

O produtor foi demitido da Weinstein Co, que decretou falência, e ele foi expulso da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, responsável pelo Oscar.

As acusações contra o poderoso produtor de Hollywood deu aind amais força ao movimento #MeToo, que expôs assédios e abusos.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus