Hebe - O Filme: "Vamos trazer o Lado B da apresentadora", diz a diretora de arte

Durante uma visita ao set, conversei com a equipe responsável pela cinebiografia

07/08/2018 12h44

Por Thamires Viana

Fumaças, faixas na cabeça, cartazes e colants... Foi assim, com um cenário recheado de elementos dos anos 80, que presenciei as filmagens de Hebe - O Filme, longa dirigido por Maurício Farias que trará um recorte sobre a vida pessoal da querida apresentadora que nos deixou em 2012. 

Naquele dia, o set estava preparado para uma apresentação do famoso grupo musical Menudos no Programa da Hebe, que foi ao ar na década de 80. No palco, vi Andrea Beltrão caracterizada como a apresentadora e me impressionei com a semelhança física e o total cuidado dela ao abordar os trejeitos tão característicos de Hebe. Na plateia do Teatro Brigadeiro em São Paulo, dezenas de pessoas das mais variadas idades, pulavam e gritavam a cada "Gravando" dito pelo diretor, cantando em uma única voz a clássica canção 'Não Se Reprima', deixando em evidência que a energia do filme ja é contagiante até mesmo durante sua produção.

Cena do Visit Set de Hebe - O Filme

Em uma conversa com o diretor, perguntei o que mais o emocionava em trazer para as telas a vida de um dos nomes mais conhecidos da cultura popular brasileira. Maurício entrega que é um trabalho especial e que está feliz por assumir o comando da cinebiografia.

"A Hebe é uma figura emblemática! Foi uma estrela no radio e se tornou uma grande estrela na televisão. Por estar tanto tempo presente, ela foi se tornando uma figura querida e muito íntima do povo brasileiro. Todo mundo conhece a Hebe! Sua simpatia, espontaneidade, alegria... Era uma pessoa com um carisma enorme e a historia de sua vida é incrível, não só profissional, mas pessoal. Fazer um filme sobre essa figura tem me feito muito feliz nesse momento", contou. 

Ele também revelou que o público terá a chance de conhecer a verdadeira mulher por trás da maquiagem e figurinos exuberantes. "Nos anos 40 e 50, ela já trabalhava, era uma mulher independente. Casou-se com quase 40 anos de idade, uma coisa muito atual e pouco comum para uma mulher daquela época. Além disso, ela nunca dependeu dos homens com quem se relacionou. O filme trará um período de crise pessoal e profissional, onde ela finalmente consegue, na vida pessoal, se posicionar da forma como ela achava que deveria ser. É quando ela se separa do marido e acerta a vida emocional, mostrando um grito de independencia", revela. "Nós vamos trazer o Lado B da Hebe", completa Luciane Nicolino, diretora de arte. 

Hebe - O Filme - Visit Set

Sobre os trajes usados por Andrea no longa, o figurinista Antonio Medeiros contou que boa parte pertenceu à apresentadora, que estão impecavelmente conservados no acervo mantido pela família. "Ela comprava muitas roupas. O interessante é que quando ela gostava, comprava duas, três peças, geralmente do seu tamanho, um menor ou maior", conta.

"Ela não consumia só marcas, tem de tudo! Além disso, demos sorte, já que a Andrea veste o mesmo número de roupas e sapatos que ela. Claro, alguma peças apertam aqui e ali, mas mais do que a metade caiu como uma luva", completa Luciane. "É impressionante. Entramos nesse universo íntimo e descobrimos que ela era muito moderna", finalizou Antonio. 

Hebe - O Filme será distribuído pela Warner Bros., mas ainda não tem previsão para chegar aos cinemas.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus