Hellboy: Ed Skrein abandona elenco após polêmica sobre etnia

Ator diz estar comprometido com a representatividade em Hollywood

29/08/2017 10h47

Por Iara Vasconcelos

Após reclamações de whitewashing - termo inglês que fala sobre o fenômeno de escalar atores caucasianos para interpretar outras etnias em Hollywood - o ator Ed Skrein (Deadpool) revelou através de seu Instagram que se demitiu do elenco do novo Hellboy.

O ator estava escalado para viver o personagem Major Ben Daimio, que nos quadrinhos tem descendência asiática. No texto divulgado na rede, Skrein diz que está comprometido com a representatividade nos filmes e que resolveu abandonar o papel por concordar que o seu papel deveria ser feito por um asiático.

Veja um trecho do comunicado: "Na semana passada eu fiquei sabendo que viveria o Major Ben Daimio no reboot de Hellboy. Eu aceitei o papel sem saber que o personagem tinha uma etnia mista. Tem havido um debate intenso e compreensívelmente zangado desde o anúncio e eu tenho que fazer o que é certo". 

"Representação da diversidade de etnias é muito importante, especialmente para mim que venho de uma família mista. É nossa responsabilidade tomar decisões morais em tempos difíceis como esses e sermos inclusivos. Espero que essas conversas sejam cada vez menos necessárias".

Com o título de Hellboy: Rise of the Blood Queen, e roteiro escrito pelo ator das HQ'S Mike Mignola com a ajuda de Andrew Cosby e Christopher Golden. O longa deve ser centrado na Rainha de Sangue Nimue, que é a maior de todas as bruxas e viveu na era arthuriana e era amante de Merlin, antes de traí-lo. Só que Nimue enlouqueceu e as outras bruxas acharam melhor matá-la e espalhar os pedaços pela Terra.

Para conhecer mais sobre o universo de Hellboy, vale a pena dar uma conferida nas revistas "Hellboy: A Morte de Hellboy", "Hellboy - Máscaras e Monstro" e "Hellboy - O Caixão Acorrentado".

Ainda não há data de lançamento.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus