Henry Cavill faz comentário polêmico sobre assédio e se desculpa no Twitter

Em entrevista, o ator deu a entender que uma mulher não sabe diferenciar assédio sexual de um flerte

13/07/2018 12h40

Por Thamires Viana

Em entrevista à GQ, o ator Henry Cavill (Liga Da Justiça) causou polêmica a falar sobre o flerte com mulheres na época de movimentos como o Time's Up e o #MeToo. Quando perguntado o que achava sobre as denúncias em Hollywood e o que ele pode aprender com elas sendo homem, ele contou que evita flertar para "não ser chamado de estuprador". (via The Wrap)

"Há algo maravilhoso sobre um homem cortejando uma mulher. Há uma abordagem tradicional para isso, o que é legal. Eu acho que uma mulher deveria ser cortejada, mas talvez eu seja antiquado por pensar isso. É muito difícil fazer isso se houver certas regras em vigor. Porque então é como: 'Bem, eu não quero subir e falar com ela, porque eu vou ser chamado de estuprador ou algo assim", disse ele. "Então você pensa: 'Esqueça, eu vou chamar uma ex-namorada e depois voltar para um relacionamento que nunca funcionou'. Mas é muito mais seguro do que me lançar no fogo do inferno, porque sou alguém nos olhos do público, e se eu for flertar com alguém, quem sabe o que vai acontecer?", disse.

Claro que o comentário gerou polêmica e o ator foi criticado por sua atitude, principalmente por achar que uma mulher não saiba diferenciar flerte de assédio ou abuso sexual. Por meio de sua representante, o ator se manifestou via Twitter e se defendeu afirmando que não teve a intenção de parecer insensível.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus