Hollywood registra faturamento recorde no período de férias

Homem de Ferro 3 foi destaque; O Cavaleiro Solitário, o grande fiasco

04/09/2013 07h00

Homem de Ferro

Homem de Ferro 3: faturamento de US$ 408,6 milhões no mercado interno

O chamado verão cinematográfico americano - período que vai de maio até o feriado do dia do trabalho nos Estados Unidos, comemorado na última segunda-feira (2) - registrou receita recorde de US$ 4,7 bilhões, apesar do fracasso de superproduções como O Cavaleiro Solitário, Depois da Terra e O Ataque.

O crescimento foi de 10% em relação ao mesmo período do ano passado, incremento em parte atribuído ao aumento dos preços dos ingressos, que subiram, em média, 27 centavos de dólar em relação a 2012. Outro fator responsável pelo faturamento recorde foi a ampliação considerável (50%) de número de títulos lançados na temporada.

Como de hábito, a período foi marcado por grandes êxitos e grandes desastres. A maior sensação foi Homem de Ferro 3, que arrecadou US$ 408,6 milhões no mercado interno. Outras produções que também se destacaram foram Homem de Aço (US$ 290 milhões), Meu Malvado Favorito 2 (US$ 355,7 milhões) e Guerra Mundial Z (US$ 200 milhões).

O grande fiasco foi O Cavaleiro Solitário, que, a despeito do alto custo de produção (US$ 215 milhões), arrecadou apenas US$ 88,4 milhões na América do Norte. Foi o revés mais agudo entre muitos outros, como Turbo (US$ 80 milhões), Depois da Terra (US$ 60 milhões) e O Ataque (US$ 72 milhões).

John Fithian , presidente da Associação Nacional dos Exibidores, comemorou a receita recorde mas sugeriu aos produtores não concentrarem seu grandes lançamentos somente no período. "Alguns filmes sofreram por causa do congestionamento", disse em entrevista à versão eletrônica da revista Time. "Gostaria de encorajar os estúdios a olhar para outros meses. Em janeiro e fevereiro deste ano tivemos muito poucos produtos", completou.

O apelo de Fithian não deve surtir efeito. Os grandes estúdios concentram seus lançamentos neste período do ano, considerado por eles como espécie de "horário nobre". É quando crianças e adolescentes estão de férias e há a possibilidade de se alcançar o maior público possível.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus