“Eu não posso mais dar um soco nele”, diz Robert De Niro sobre Trump

Ator usa discurso moderado agora que Trump é novo presidente

10/11/2016 18h19

Por Daniel Reininger

Robert De Niro declarou durante a corrida pela presidência dos EUA que gostaria de dar um soco na cara de Donald Trump. Entretanto, com a vitória do Republicano, as coisas mudaram um pouco.

Durante o programa de Jimmy Kimmel, ele foi questionado se irá botar o desejo em prática. “Você ainda vai dar um soco na cara do Donald Trump?”, pergunta o apresentador, que emenda: “agora você pode ser preso se fizer isso, eu acho”.

De Niro respondeu: “Eu não posso mais dar um soco nele, ele é o presidente. Eu preciso respeitar essa posição. Mesmo que saibamos que ele…enfim”.

Ele ainda continuou: “Nós precisamos ver o que ele irá fazer e como ele irá prosseguir com certas coisas. Até onde vimos, em várias cidades, muitas pessoas estão muito descontentes e protestando”, comentou sobre as manifestações iniciadas logo após o resultado das eleições norte-americanas.

Veja, em inglês:

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus