John Hughes: Molly Ringwald fala sobre o sexismo nos filmes do diretor

A atriz publicou um artigo na The New Yorker sobre Clube dos Cinco e A Garota de Rosa-Shocking

06/04/2018 17h48

Por Thamires Viana

A atriz Molly Ringwald se tornou um ícone nos anos 80 ao estrelar um trio de filmes dirigidos por John Hughes: Gatinhas E Gatões, A Garota De Rosa-shocking e Clube Dos Cinco. Os filmes foram sucessos instantâneos e um gênero em si para a maneira realista como retratavam os adolescentes americanos. 

No artigo que traz o subtítulo "Revisitando os filmes da minha juventude na era do #MeToo" publicado por ela na revista The New Yorker, a atriz confronta a misoginia de várias cenas e como isso era mostrado pelo olhar do diretor.

"Como eu posso ver agora, Bender (Judd Nelson) sexualmente assedia Claire (Ringawald) durante todo o filme [Clube dos Cinco]", escreveu ela. - Quando ele não está sexualizando-a, ele tira a raiva dela com desprezo cruel, chamando-a de "patética", zombando dela. Ele nunca pede desculpas por nada disso, mas, no entanto, ele fica com a garota no final."

Ringwald também menciona uma cena que quase acabou no filme, que envolveu uma linda professora de ginástica nadando nua em uma piscina. Ela conta que convenceu Hughes a cortá-la, e também sobre o constrangimento de contratar outra atriz para interpretá-la na cena em que Bender olha para a calcinha de Claire debaixo de uma mesa.

"Ter outra pessoa fingindo ser eu era embaraçoso e desagradável na situação. No entanto, essa cena ficou".

Para conferir o artigo completo, clique aqui.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus