Johnny Depp acusa Amber Heard de agressão física

Em resposta, o advogado da atriz disse que essas alegações são totalmente falsas

03/08/2018 11h13

Por Thamires Viana

Em um novo processo judicial, o ator Johnny Depp alega que sua ex-mulher, a atriz Amber Heard, o agrediu durante o casamento e conta uma versão diferente dos acontecimentos da noite em que ela o denunciou por jogar um celular em seu rosto. (via People)

Os documentos do tribunal, obtidos pela  Revista People, foram apresentados pelo ator como parte de um caso de difamação no Reino Unido, o mais recente esforço legal do ator em disputar acusações de que ele agia violentamente com Heard.

Nos documentos do tribunal, Depp de 55 anos, afirma que Heard o agrediu depois que ele chegou quase duas horas atrasado para o jantar de 30 anos de sua esposa no dia 21 de abril de 2016. De acordo com o documento, Depp teve uma reunião com seu gerente de negócios e contadores anteriormente, mas afirma que manteve contato com Heard explicando a situação.

Ele conta que estava lendo na cama quando Heard, que estava bebendo, supostamente se tornou "agressiva e violenta, socando-o duas vezes na face". O ator supostamente respondeu "agarrando-a pelos braços para impedí-la de socá-lo novamente e disse-lhe para parar. Ele afirma que a empurrou para a cama e saiu de casa.

Em resposta, o advogado da atriz disse que essas alegações são totalmente falsas. "Basta ler o recente artigo da Rolling Stone sobre o Sr. Depp para entender seu estado de espírito. Ele está sendo processado atualmente em vários locais, inclusive por agredir um gerente de locação. Em muitas ocasiões, testemunhas oculares observaram a extensão do abuso que o Sr. Depp infligiu à Sra. Heard.

O ator está sendo processado por um gerente local de seu próximo filme 'City of Lies', que alega que o ator lhe deu um soco no set. 

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus