Johnny Depp sobre Trump: "Há quanto tempo um ator não mata um presidente?"

Declaração polêmica correu o mundo e figura entre os assuntos mais comentados do dia

23/06/2017 14h54 (Atualizado em 23/06/2017 15h42)

Por Iara Vasconcelos

Johnny Depp voltou aos holofotes com mais uma polêmica. Dessa vez, o astro de Piratas Do Caribe: A Vingança De Salazar não mediu palavras ao atacar o presidente Donald Trump durante sua participação no festival de Glastonbury, na Inglaterra.

[Atualizado] Após a repercussão negativa, o ator acabou se desculpando pelo ocorrido. Em comunicado a revista People, Depp disse: "Peço desculpas pela piada de mal gosto sobre o presidente Trump que fiz na noite passada. Não saiu como eu pretendia e não tive intenções maliciosas ao fazê-la. Eu só estava tentando me divertir e não prejudicar ninguém".

Depp estava no famoso festival de música para divulgar seu novo filme, The Libertine, quando deu a seguinte declaração: "Acho que o Trump deveria vir pra cá. Eu acho que ele tem sérios problemas. Está tudo bem, mas deveríamos ajudá-lo. Não me levem a mal, mas há quanto tempo um ator não mata um presidente?". 

Depp quis fazer uma referência ao assassinato do presidente americano Abraham Lincoln pelo ator John Wilkes Booth durante uma apresentação no teatro Ford, em 1865. Claro que a polêmica fala correu o mundo e já consta nos assuntos mais comentados do dia. 

Vale lembrar que Depp acabou de sair de uma batalha judicial contra sua ex-mulher, a atriz Amber Heard, por violência doméstica. Além disso, ele está processando seus antigos empresários pelo suposto desvio de US$ 40 milhões em suas finanças. Entretanto, os acusados afirmam que os problemas financeiros do ator foram causados por seus gastos excessivos.

É confusão que não acaba mais!

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus