Lucros de Deadpool aumentam salários da produção em até cinco vezes

Filme pode chegar a US$ 800 milhões de bilheteria

24/02/2016 10h46

Deadpool é um verdadeiro sucesso. O filme ainda nem chegou a seu terceiro fim de semana e já quase bateu US$ 500 milhões de bilheteria mundial. E não para por aí. Até o fim do período nos cinemas, é possível que chegue a marca de US$ 800 milhões. E a equipe que trabalhou na produção não poderia estar mais feliz, já que isso pode significar um aumento de salário que não era planejado.

Segundo o Hollywood Reporter, o protagonista e produtor Ryan Reynolds, por exemplo, pode ter um aumento de cinco vezes em seu salário. Inicialmente, ele receberia "apenas" US$ 2 milhões pelo longa. Mas se tudo caminhar como é esperado, seu pagamento chegará a US$ 10 milhões.

O diretor Tim Miller (Scott Pilgrim Contra O Mundo) também pode comemorar. Para trabalhar na produção, ele recebeu cerca de US$ 250 mil. No entanto, foi só o filme bater a marca de US$ 150 milhões nos EUA para que ele e outros profissionais que trabalharam no longa ganhassem bônus que variavam de US$ 100 a US$ 150 mil. Isso também inclui os roteiristas Rhett Reese (Zumbilândia) e Paul Wernick (G. I. Joe 2: Retaliação). 

Não é difícil imaginar que a Fox queira mantê-los a frente de Deadpool 2 e por isso ofereça mais algum bônus depois de arrecadar outros milhões de bilheteria. E também não será estranho se os profissionais peçam um aumento para trabalharem na sequência.

Deadpool está em cartaz no Brasil. Leia a crítica.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus