Macaulay Culkin se pronuncia sobre os abusos sofridos na infância

"Tudo o que meu pai tentou fazer na vida, eu consegui antes de ter 10 anos"

23/01/2018 16h38

Por Thamires Viana

O ator Macaulay Culkin se pronunciou recentemente sobre seu pai, Kit e os abusou psicológicos e físicos que sofria na infância. Isso teria sido uns dos motivos que levaram o ator a deixar sua carreira em Hollywood.

Em entrevista ao podcast Marc WTF de Marc Maron, Culkin, hoje aos 37 anos, disse que seu pai sentia ciúmes dele e o ameaçava. "Ele era um homem ruim", disse o ator. "Ele era abusivo. Fisicamente e mentalmente. Posso mostrar todas as minhas cicatrizes se eu quiser", afirmou.

+ Macaulay Culkin: relembre as maiores polêmicas do astro mirim

O ator ganhou fama após a franquia Esqueceram De Mim em 1990. "Tudo o que ele tentou fazer na vida, eu consegui antes de ter 10 anos". Ele também fala sobre o divórcio dos pais em 1994 e afirma que foi "uma das melhores coisas que já aconteceu". Seu último papel como ator infantil foi em Riquinho em 1994, e por nove anos o ator se manteve afastado dos cinemas. Em 2003, ele protagonizou o longa Party Monster que também traz Chloë Sevigny no elenco.

Aos 15 anos, Culkin processou seus pais por quererem toda a sua fortuna avaliada em US$ 17 milhões. A disputa pela custódia resultou na emancipação do ator e seu controle sobre a fortuna. "Eu mesmo queria dar uma pausa por um tempo e, eventualmente fiz. Eu espero que todos tenham feito o seu próprio dinheiro porque já não vem mais de mim", finalizou o ator. 

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus